17/02/2020 - 21h30

Dono dos Red Sox entende frustração dos torcedores após troca de Mookie Betts

Dono entende insatisfação dos fãs de Boston depois de troca de Betts para os Dodgers, mas explica decisão

O principal dos donos do Boston Red Sox, John Henry, reconheceu que a troca que levou Mookie Betts para o Los Angeles Dodgers não foi bem vista pelos torcedores dos meias vermelhas.

“Eu cresci como torcedor do St. Louis Cardinals”, disse Henry em nota à imprensa divulgada nesta segunda-feira (17).”Meu jogador favorito era Stan Musial. Meu coração se partiria se ‘Stan the Man’ tivesse sido trocado – por qualquer motivo. Seus pais ou avós certamente se sentiriam da mesma forma em relação a Ted Williams e Yaz (Carl Yastrzemski)”.

“Então, de certa maneira, quando digo que entendo quantos de vocês se sentem sobre essa troca com os Dodgers, sei que muitos de vocês – principalmente nossos torcedores mais jovens – estão incrédulos, zangados ou tristes com isso. Sei que é difícil e decepcionante”, completou.

De qualquer maneira, ele ainda tentou defender a decisão da franquia. “Os clubes também precisam tomar decisões sobre seu sistema econômico”, justificou Henry.

O dirigente comparou a troca de Betts ao negócio que levou o shortstop Nomar Garciaparra de Boston para o Chicago Cubs em 2004. Ele acrescentou que a saída iminente de Betts via free agency num futuro próximo pesou na decisão de negociar o outfielder.

John Henry disse que conversou pessoalmente com Mookie Betts, que queria que jogasse a carreira toda pelos meias vermelhas. Ele negociou extensões contratuais por quatro vezes em três diferentes temporadas, porém um acordo não foi possível, segundo Ian Browne, da MLB.com

Os Red Sox receberam no negócio Alex Verdugo, Connor Wong e Jeter Downs, após um imbróglio nas conversas envolvendo também o Minnesota Twins. David Price seguiu para Los Angeles junto com Betts.

(Foto: Reprodução Twitter/Los Angeles Dodgers)

Oddsshark