Oferecimento
09/02/2020 - 23h49

Após imbróglio, Dodgers fecham troca por Mookie Betts com os Red Sox

Discórdia envolvendo nomes da troca é desfeita e equipes chegam a acordo por Betts

Depois de alguns dias de indefinição, Los Angeles Dodgers e Boston Red Sox enfim chegaram a um acordo para que o outfielder Mookie Betts siga para a Califórnia. A troca já havia sido noticiada pela imprensa americana no começo da semana, mas só agora de fato os dois times concordaram com todos os termos do negócio segundo informou neste domingo (09) Jeff Passan, da ESPN americana.

A troca ficou assim: os Dodgers recebem Betts, o arremessador David Price e um valor em dinheiro (que seria para pagar metade do salário de Price) e enviam aos Red Sox o outfielder Alex Verdugo, o shortstop Jeter Downs e o catcher Connor Wong. Esses dois últimos, ainda sem experiências na Major League.

O negócio envolve também o Minnesota Twins, mas com uma troca em paralelo e uma peça em especial é pivô do imbróglio inicial. O arremessador venezuelano Brusdar Graterol, que a princípio iria para Boston, acabou sendo negociado para os Dodgers junto com o outfielder Luke Raley e a escolha 67 do Draft da MLB de 2020, pelo veterano arremessador japonês Kenta Maeda e um valor em dinheiro.

Na troca inicial, fechada na terça-feira (04), Graterol iria para os Red Sox. A franquia, porém, teria vetado a contratação do prospecto após exames médicos, por achar que ele não seria um arremessador com status de titular, que é o que se buscava, e sim um reliever. Ele tem dez jogos de experiência na MLB, todos saindo do bullpen em 2019.

Já outra troca condicionada à primeira melou, segundo Ken Rosenthal, do The Athletic. O OF Joc Pederson, que seria negociado com o Los Angeles Angels, não mais deixará os Dodgers, assim como o arremessador Ross Stripling e o prospecto Andy Pages. Já os Angels mantêm o infielder Luis Renfigo.

troca de Betts já era dada como iminente. Apesar de uma grande estrela dos Red Sox, seu alto custo e estar no último ano de contrato eram as motivações da diretoria de Boston. O San Diego Padres também tinha interesse em no jogador.

Mookie assinou uma renovação de US$ 27 milhões por uma temporada no início do ano, evitando arbitration pela última vez na carreira. Trocado, a expectativa é o jogador assinar um contrato ainda maior e com a possibilidade de se tornar o mais bem pago da liga quando se tornar free agent, ao fim de 2020. Segundo Michael Silverman, repórter do Boston Herald, o novo acordo do rebatedor pode ultrapassar os valores do negócio entre Mike Trout e o Los Angeles Angels, total de US$ 426,5 milhões por 12 anos.

Em 2019, Betts venceu o seu terceiro Silver Slugger e sua quarta Gold Glove. O outfielder ainda anotou 29 home runs, 80 rebatidas impulsionadas, roubou 16 bases e liderou a liga em corridas anotadas com 135 runs. MVP da Liga Americana em 2018, ele se junta agora ao MVP da Liga Nacional de 2019, Cody Bellinger. Combinação explosiva.

Já Price, veterano de 12 anos de MLB, jogará no quinto time da carreira. Em 2019 teve uma temporada ruim, com ERA de 4.28 e aproveitamento dos adversários de 25,8% em 107.1 entradas arremessadas. Ele ainda tem US$ 96 milhões a receber em salários nos últimos três anos de contrato.

Verdugo, 23 anos, outro nome importante da troca, segue para os Red Sox depois da primeira temporada mais robusta da carreira. Ele registrou 29,4% de aproveitamento no bastão, 12 home runs e 44 corridas impulsionadas em 106 jogos.

(Foto: Reprodução Twitter/Boston Red Sox)

Oddsshark