18/03/2020 - 11h24

Steve Kerr: seleção dos EUA de basquete ainda planeja Olimpíada de Tóquio

Assistente técnico da seleção disse que está em contato com Gregg Popovich e também falou sobre Warriors e o hiato da NBA

'Vamos fazer isso', diz proprietário dos Warriors sobre a renovação de Steve KerrCom o mundo todo enfrentando as incertezas relacionadas ao coronavírus, o técnico do Golden State Warriors e assistente técnico da seleção dos Estados Unidos de basquete, Steve Kerr, disse nesta terça-feira (17), que a comissão ainda trabalha pensando nas Olimpíadas de Tóquio, imaginando que a competição não sofra nenhuma alteração na programação.

Kerr afirmou que esteve em contato com Gregg Popovich, técnico da seleção norte-americana nos últimos dias.

“Pop e eu falamos algumas vezes ao longo da última semana”, contou aos repórteres durante entrevista por telefone. “E tudo continua no ar. Não sabemos se as coisas vão atrasar ou algo assim. Estamos todos sentados aqui imaginando o que vai acontecer, junto com o resto do mundo. Estamos apenas planejando como se isso fosse acontecer, e tentaremos montar uma lista, e é tudo o que podemos fazer”, completou Kerr.

Nesta semana, os organizadores da Olimpíada de Tóquio seguem confiantes de que o evento será realizado conforme o planejado e sem nenhuma alteração de data.

Golden State Warriors

Steve Kerr também foi questionado sobre como os Warriors estão lidando com a suspensão da temporada da NBA. Até o momento, nenhum jogador da equipe mostrou algum sintoma do vírus e nenhum deles testou positivo.

O técnico contou que durante esse hiato da liga, ele e sua família ficarão em San Diego e que estará se preparando para o próximo Draft da NBA, assistindo a jogos e gravações dos jogadores.

“Estou assistindo à fita de alguns possíveis prospectos e é algo que não consegui fazer muito ao longo dos anos e não fiz nada neste ano”, disse Kerr. “Então, eu estou tentando usar esse tempo para ter uma ideia dos caras que estão na nossa lista para o próximo Draft”, comentou.

Extremamente vitorioso nos últimos anos, Kerr também disse que tem empatia por equipes que talvez não tenham chance de competir pelo título por causa do surto.

“Para ser sincero, sinto muito pelas equipes que estão realmente no auge da temporada”, afirmou o treinador. “As equipes têm chance de competir. Não estamos nessa posição este ano e, portanto, estamos no limbo, mesmo que não seja divertido, nós estamos apenas esperando para ouvir o que a liga tem a oferecer. Seguiremos as instruções, mas deve ser incrivelmente frustrante para todas as equipes que tiveram sucesso este ano, e estão se perguntando se as coisas vão recomeçar novamente”, completou.

Crédito da Foto: Divulgação/NBA

Oddsshark