26/11/2019 - 05h59

Stars superam Golden Knights em Dallas e igualam recorde da franquia

Dallas Stars vence sétimo jogo seguido e alcança 12 partidas seguidas marcando pontos

Stars superam Golden Knights em Dallas e igualam recorde da franquiaNesta segunda-feira (25), o Dallas Stars (15-8-2) recebeu o Vegas Golden Knights (11-11-4) no American Airlines Center e manteve sua excelente fase. O goleiro Ben Bishop fez 26 defesas e liderou – junto de Alexander Radulov e John Klingberg – a sétima vitória seguida dos Stars, por 4 a 2.

O time de Dallas chegou a 12 jogos seguidos pontuando (11-0-1) e, nos últimos 16, seu desempenho é de 14-1-1 (os texanos iniciaram a temporada com 1-7-1). Os rapazes de Vegas não vencem há três partidas, sendo derrotados pela primeira vez no American Airlines Center.

Os Stars venceram sete partidas seguidas em quatro ocasiões, sendo a mais recente entre 29 de janeiro e 11 de fevereiro de 2008. O Minnesota North Stars conseguiu uma série de sete triunfos seguidos, entre 16 e 28 de março de 1980.

O primeiro período de partida foi dominado ofensivamente pelos anfitriões – 16 disparos para Dallas, seis para Vegas. A primeira metade do período teve vários disparos, mas todos sendo parados por Bishop e Malcolm Subban (24 defesas). Subban precisou trabalhar bastante a fim de segurar o ataque dos Stars. Entretanto, nada pôde fazer para impedir o gol de Alexander Radulov – que na hora certa e no momento certo – desviou o disparo de John Klingberg (1 a 0). Pouco tempo depois, a vantagem seria ampliada. Aos 13:25, Esa Lindell entrou livre de marcação na zona ofensiva e marcou seu segundo gol na temporada, recebendo assistências de Tyler Seguin e Andrew Cogliano (2 a 0).

Se os Stars dominaram o primeiro terço de jogo, o segundo período teve o controle das chances de gol nas mãos dos Golden Knights. Vegas disparou 13 vezes e Dallas, duas. Os visitantes exigiram muito do goleiro Ben Bishop, que ia segurando as investidas adversárias. Mesmo com o domínio e com quatro oportunidades de power play, os Golden Knights não logravam êxito em diminuir a diferença no marcador; os texanos vêm mantendo ótima fase no penalty kill, apresentando 100% de aproveitamento nas últimas 15 oportunidades. O time de Las Vegas – fora do PP – finalmente balançou as redes de Bishop aos 13:48, no gol de Shea Theodore (2 a 1). A equipe de Dallas, apesar do gol sofrido, não se abalou. Aos 17:41, Klingberg e Radulov deram assistências para o gol de Jason Dickinson (3 a 1).

De modo diverso dos períodos anteriores, o terceiro período foi bem mais equilibrado ofensivamente, ainda que pendendo mais favoravelmente ao time de Dallas – dez a nove. Os visitantes começaram o último terço de jogo já levando perigo, com Nick Holden mandando o disco na trave. A pressão de Vegas logo surtiu efeito. Ao 1:23, Paul Stastny – em seu jogo número 900 e marcando seu 699º ponto na NHL – apareceu para concluir passe de Mark Stone e anotar seu sétimo gol da temporada (3 a 2). A partir daí, os Stars foram com tudo ao ataque, obrigando Malcolm Subban a praticar algumas importantes defesas e também acertando a trave, no disparo de Tyler Seguin. Por fim, a pressão deu resultado.

Restando pouco menos de oito minutos antes do fim do jogo, no power play, Alexander Radulov aproveitou o rebote de Subban no disparo de John Klingberg e definiu a vitória texana com seu oitavo gol nesta temporada (4 a 2).

O Dallas Stars volta ao gelo nesta terça-feira (26) contra o Chicago Blackhawks. Na quarta-feira (27), o Vegas Golden Knights enfrenta o Nashville Predators.

Confira os resultados desta segunda-feira (25) na NHL:

Buffalo Sabres 2 @ 5 Tampa Bay Lightning
Minnesota Wild 2 @ 3 New York Rangers F/OT
Vancouver Canucks 1 @ 2 Philadelphia Flyers
Calgary Flames 2 @ 3 Pittsburgh Penguins F/OT
Ottawa Senators 0 @ 1 Columbus Blue Jackets
St. Louis Blues 2 @ 3 Nashville Predators F/SO
Vegas Golden Knights 2 @ 4 Dallas Stars
New York Islanders 0 @ 3 Anaheim Ducks
San Jose Sharks 4 @ 3 Los Angeles Kings F/OT

Foto: Reprodução Twitter/Dallas Stars

Oddsshark