17/02/2020 - 11h16

Edmonton Oilers vira e vence Carolina Hurricanes na prorrogação

Josh Archibald marca no OT e garante vitória dos Oilers sobre os Hurricanes por 4 a 3

Jogando mais uma vez sem seu principal ídolo, Connor McDavid, o Edmonton Oilers venceu o Carolina Hurricanes na prorrogação por 4 a 3 jogando na PCN arena, em Raleigh, Carolina do Norte, neste domingo (16). Para isso, o time de Alberta no Canadá precisou disparar apenas 24 vezes contra o gol defendido por James Reimer, e contou com a inspiração de Josh Archibald, autor de 2 dos gols dos visitantes. O triunfo manteve o time no topo da tabela na disputada Divisão do Pacífico.

Jogando em um back-to-back, após vitória sobre o Florida Panthers na noite de sábado (15) por 4 a 1, os Oilers tiveram muito trabalho para conseguir passar pelo forte time dos Canes: “Temos que ficar felizes com os resultados. Competimos muito e encontramos formas de vencer as partidas. Fizemos coisas muito boas nestes jogos”, disse o treinador Dave Tippett.

Mas, os Hurricanes tinham outros planos e abriram o placar logo nos primeiros segundos depois do puck drop com Trevor Van Riemsdyk (1º gol na temporada). Um tiro de longe que encontrou o ângulo direito de Mike Smith, levando o público ao delírio e à falsa impressão de que os anfitriões poderiam fechar um jogo fácil.

Mais tarde, Leon Draisaitl (34) empatou assim que o tempo de power play se esgotou, aproveitando o rebote de Reimer e mostrando as reais intenções dos Oilers na partida.

Já na segunda etapa, os Canes passaram de novo na frente do placar. Agora, foi a vez de Sebastian Aho (32) marcar. Num breakaway letal, o jovem finlandês partiu em velocidade para a zona ofensiva e deixou todos os marcadores para trás. Depois, teve o talento necessário para elevar o disco e guardar mais um na temporada. Belo gol de Aho!

Os Oilers continuavam a sua pressão forçando penalidades dos jogadores dos Hurricanes. Erik Haula cometeu um hooking sobre Matt Benning e foi para a jaula. Draisaitl teve então muito mais espaço para atuar e não hesitou em descer o braço após receber passe de Oscar Klefbom. O tiro foi bloqueado mas sobrou para Kailer Yamamoto (9) que contou com a sorte para deixar tudo igual outra vez. O disco bateu no pé da trave e voltou para a direção do gol depois de rebater nas costas do goleiro James Reimer.

Apenas pouco mais de 30 segundos mais tarde, veio a virada. Trevor Vai Riemsdyk ficou com o disco na zona defensiva e fez um movimento que derrubou Tyler Benson no gelo. A torcida se animou com o drible e encheu o defensor de moral. O problema é que ter confiança demais, fez Riemsdyk errar um passe na saída para a zona neutra. Benson recuperou o disco e passou para Josh Archibald (8) marcar o 3º dos visitantes no jogo.

A partida seguia com vitória dos Oilers até os minutos finais do terceiro período. Foi quando Andrei Svechnikov acionou a 4ª marcha e voou pelo gelo com sentido de passar por trás do gol defendido por Mike Smith. Porém, o jovem talento dos Canes teve a capacidade de produzir um passe fantástico para Sebastian Aho (33) que vinha fechando pelo meio. Aho bateu e Smith não conseguiu evitar o gol. Tudo empatado e a torcida local fazendo muito barulho na arena.

Com o jogo na prorrogação, os donos da casa, empurrados pelos fãs, partiram com tudo para dentro dos visitantes, forçando várias defesas magníficas de Mike Smith. Em uma delas, Draisaitl perdeu a posse do disco na zona neutra e Aho ficou novamente em um breakway sozinho contra o goleiro. Aho tentou o canto baixo, mas Smith defendeu, no rebote, Aho bateu outra vez, agora caído no gelo, e Smith foi bem no lance ao fechar a pequena janela aberta entre ele e a trave.

Minutos depois, os Hurricanes estavam de novo apertando para marcar o gol. Aho mandou uma pancada cruzada que foi por cima do gol. O disco bateu no vidro e sobrou para o contra-ataque dos Oilers. Draisaitl teve a chance de se redimir encontrando Josh Archibald (9) completamente livre. O atacante só teve o trabalho de tirar do goleiro e partir para o abraço. O sentimento de frustração da torcida local era sofrível, mas o hóquei no gelo proporciona certas “injustiças”.

O Edmonton Oilers (32-21-6) alcançou a marca de 70 pontos e segue encabeçando a Divisão do Pacífico, já o Carolina Hurricanes (33-21-4) somou mais 1, também chegou aos 70 pontos, mas sustenta apenas a 5ª colocação da Divisão Metropolitana.

(Foto: Divulgação Twitter/EdmontonOilers)

ACOMPANHE OS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA:

VEJA OS OUTROS RESULTADOS DA RODADA:

Detroit Red Wings 1 @ 5 Pittsburgh Penguins

Boston Bruins 3 @ 1 New York Rangers

Anaheim Ducks 5 @ 1 Vancouver Canucks

St. Louis Blues 1 @ 2 Nashville Predators

Dallas Stars 3 @ 4 Ottawa Senators OT

Columbus Blue Jackets 3 @ 4 New Jersey Devils SO

Toronto Maple Leafs 2 @ 5 Buffalo Sabres

Chicago Blackhawks 2 @ 3 Winnipeg Jets

 

 

Oddsshark