NFL

06/01/2020 - 23h47

Wade Phillips não é mais coordenador defensivo dos Rams

Franquia da Califórnia decide não renovar contrato de coordenador após três temporadas no cargo

Wade Phillips não é mais coordenador defensivo dos RamsO Los Angeles Rams terá um novo coordenador defensivo na próxima temporada. Wade Phillips, responsável pela defesa da equipe desde 2017, foi informado nesta segunda-feira (6) que seu contrato não será renovado.

Phillips assinou o compromisso com os Rams após Sean McVay ter sido nomeado treinador principal da equipe em 2017. Aos 72 anos de idade, o coordenador afirmou recentemente que gostaria de continuar exercendo a função, conforme explicitado em seu perfil no Twitter, após a confirmação de sua saída de Los Angeles:

 

 

 

Na mensagem, Phillips agradece ao Los Angeles Rams pela oportunidade e não esconde o desejo de continuar atuando como técnico: “Fui informado pelos Rams que meu contrato não será renovado. Gostaria de agradecer a eles pela oportunidade de ter feito parte do sucesso dessa organização nos últimos três anos. Especialmente, gostaria de agradecer a todos os jogadores com quem amei trabalhar. Ainda quero treinar e sinto que posso contribuir”, disse Phillips.

Skip Peete, treinador de running backs, que foi contratado em 2016 pelo então HC Jeff Fisher e mantido por McVay, também foi dispensado.

Uma temporada após conquistar o título da NFC e figurar no Super Bowl LIII, os Rams foram eliminados antes da pós-temporada, terminando o ano com nove vitórias e sete derrotas.

A defesa dos Rams foi apenas a 17ª em pontos cedidos na temporada, permitindo média de 22,6 pontos por partida. A unidade, acostumada a ser uma pedra no sapato dos adversários, mostrou deficiências durante todo ano, e evidenciou os problemas na semana 16.

Contra os campeões da Divisão Oeste da NFC, San Francisco 49ers, Los Angeles permitiu aos rivais duas longas conversões de terceira descida até sofrerem um field goal, que decretaria a eliminação dos Rams na temporada.

Nas derrotas para o Tampa Bay Buccaneers, Baltimore Ravens e Dallas Cowboys, a defesa demonstrou algo incomum nos três anos sob a tutela de Wade Phillips. Os Rams permitiram mais de 40 pontos a seus adversários em cada uma dessas partidas.

Em um breve comunicado emitido pela organização, McVay preferiu não aprofundar nas razões que levaram a decisão de não renovar o contrato do coordenador defensivo: “Phillips foi a experiente voz de liderança para nossa defesa nos últimos três anos. A riqueza de sua vivência no esporte é inestimável. Sempre foi um grande profissional e um exemplo a ser seguido por mim como head coach”.

Durante o mês de outubro, os Rams realizaram uma troca com o Jacksonville Jaguars e adquiriram o cornerback Jalen Ramsey, melhorando ainda mais a defesa da equipe.

Com a nova peça na secundária, a unidade passou a ter uma abordagem de marcação em zona, permitindo que a linha defensiva contabilizasse mais sacks no esquema 3-4. O resultado foram os 50 sacks acumulados na temporada, colocando os Rams como a quarta melhor equipe da NFL no quesito.

Entretanto, o grupo comandado por Phillips não demonstrou a consistência necessária. McVay ofereceu ao veterano coordenador a vaga antes mesmo de ser entrevistado para a vaga de head coach da equipe em 2017. Os 30 anos de diferença entre head coach e coordenador foi uma questão a ser superada, no entanto, Phillips, após não ter o contrato renovado pelo Denver Broncos, não hesitou em se juntar ao jovem treinador.

Na primeira temporada trabalhando juntos, McVay e Phillips transformaram um time com apenas quatro vitórias em uma equipe vencedora da Divisão Oeste da Conferência Nacional. Em 2018, o ataque dos Rams foi o ponto alto do time, enquanto a unidade defensiva contribuiu em seis vitórias parando os ataques adversários nas campanhas derradeiras das partidas.

O trabalho foi coroado com 13 vitórias na temporada regular, o bicampeonato da divisão e o título da NFC. No entanto, a derrota para o New England Patriots, no Super Bowl LIII, impediu aquela que seria a cereja no bolo da parceria McVay-Phillips.

O coordenador defensivo iniciou sua trajetória na NFL em 1976, como treinador de linebackers do Houston Oilers, onde foi contratado pelo seu pai, o lendário treinador Bum Phillips. O trabalho mais marcante da carreira de Phillips, certamente, foi conduzindo os Broncos de 2015. Peyton Manning era a estrela da companhia, contudo, foi a defesa comandada por Phillips que brilhou naquela temporada para levantar o Lombardi Trophy daquele ano.

Em toda a carreira, Wade Phillips treinou 20 jogadores que foram introduzidos ao Hall da Fama do futebol americano, além de 101 atletas (35 defensores) selecionados ao Pro Bowl.

(Foto: Reprodução Twitter / Los Angeles Rams)

Oddsshark