NFL

19/03/2020 - 17h52

Sean Payton, técnico dos Saints, testa positivo para o novo coronavírus

Payton informou para a ESPN americana que está com o COVID-19; ele é o primeiro caso confirmado na NFL

A NFL tem seu primeiro caso confirmado do novo coronavírus. Sean Payton, técnico do New Orleans Saints, informou à ESPN americana nesta quinta-feira (19) que testou positivo para a doença que parou o mundo nos últimos dias. 

O head coach dos Saints disse que não se sentiu bem no último domingo (15) e no dia seguinte foi ao hospital para fazer o teste. O resultado saiu na tarde de quinta e confirmou a doença. Payton está em casa de quarentena, descansando, e está otimista sobre sua recuperação.

Apesar de ter sido diagnosticado com o COVID-19, Sean Payton poderia ter ficado em silêncio e se preservar neste momento. Mas ele conta que gostaria que as pessoas soubessem dos perigos da doença e da importância de se seguir as ordens do governo e órgãos responsáveis. 

“Isso não se trata de se distanciar socialmente. É sobre se isolar por uma ou duas semanas. Se as pessoas entendessem a curva e o pico de infectados, poderíamos facilmente trabalhar como um país para reduzi-lo. Pegue um minuto do seu dia e reflita sobre o que os especialistas estão dizendo, não é complicado fazer o que eles pedem”, afirmou o treinador.

Sean Payton mora na Louisiana, um dos estados mais afetados pelo novo coronavírus nos Estados Unidos. Ele também falou sobre isso e sobre estar em um número de infectados que não apresenta boa parte dos sintomas.

“Eu tive sorte de estar na minoria que não sofre das principais consequências do vírus. Tive sorte. Os mais jovens sentem que vão poder lidar com isso facilmente, mas eles podem levar a doença para pessoas que terão mais dificuldades. Então temos que fazer nossa parte. A preocupação com a Louisiana é por conta das diversas pessoas que entram e saem daqui nessa época do ano. Por isso médicos estão preocupados com essa área. Vamos fazer isso pelas pessoas que são mais suscetíveis à doença”, finalizou. 

(Foto: Reprodução Twitter/NFL)

Oddsshark