NFL

18/10/2019 - 00h37

Sean McVay diz que o objetivo é que Ramsey faça sua estreia na semana 7

Após importante troca pelo cornerback, técnico espera que ele consiga estrear já na próxima rodada da NFL

Sean McVay, head coach do Los Angeles RamsApós a chegada de um grande reforço, todo mundo espera que ele consiga fazer alguma coisa rápido, e essa é a expectativa dos torcedores do Los Angeles Rams com o cornerback Jalen Ramsey. Todo esse hype pode ser saciada muito rápido, já que, segundo o técnico Sean McVay, a equipe está trabalhando forte para que ele já faça a sua estreia na semana 7, quando o time enfrenta o Atlanta Falcons fora de casa.

“O objetivo é deixar ele pronto para jogar no domingo. Nós vamos ser inteligentes com isso.” Disse McVay.

O cenário para a adição de Ramsey começou pouco antes da troca em si. A equipe mandou seu cornerback titular, Marcus Peters, para o Baltimore Ravens em troca do linebacker Kenny Young e também uma escolha não definida no Draft de 2020. Logo após, enviou duas escolhas de primeira rodada nos próximos dois anos, além de uma escolha de quarta rodada em 2021. Os Rams também sentem o desfalque de Aqib Talib, que sofreu uma lesão na costela e ficará de fora de pelo menos oito jogos, então a estreia de Jalen começa a se tornar mais uma necessidade para LA.

McVay elogiou Ramsey, dizendo que ele é o tipo de jogador que tem “estilo e personalidade”, além de dizer que ele “ama o futebol americano” e que “os Rams são um time que ele vai se dar bem.” O técnico também comentou sobre a troca em si:

“A troca é uma coisa muito empolgante para nós. Obviamente, sabemos o tipo de jogador que ele é. A competitividade, a dureza, todas as coisas que você procura num cornerback. Essas são apenas algumas das coisas que nos empolgam para trazê-lo para cá. Estou ansioso para conhecer o jogador e saber como ele vai ajudar nosso time.” Completou McVay.

O general manager Les Snead é conhecido por fazer essas trocas chamadas de “blockbuster”, e foi uma das coisas que ajudaram os Rams a chegar no Super Bowl na temporada passada. Snead já trouxe Peters do Kansas City Chiefs em troca de duas escolhas, sendo uma de segunda e uma de quarta rodadas. Além disso, conseguiu trazer Talib, Brandin Cooks e Dante Fowler Jr. em outras trades apenas em 2018. Se for contar, ainda, os jogadores que ele assinou na free agency, podemos citar, principalmente, Ndamukong Suh, que transformou LA em uma das linhas defensivas mais fortes da NFL junto com Aaron Donald e Fowler Jr ano passado.

Depois da troca, os Rams ainda têm que se preocupar com o novo contrato de Ramsey, já que ele vira um free agent em 2020. A equipe também precisa se preocupar com o salary cap, já que, combinados, Donald, Jared Goff, Todd Gurley, Cooks, Tyler Higbee e Robert Woods irão ganhar um total de US$ 112 milhões no próximo ano. Se for uma tentativa de “win now”, pode-se dizer que é bem arriscada, considerando que a equipe perdeu três jogos seguidos e está jogando na divisão do único invicto da NFC: o San Francisco 49ers.

Na temporada, Jalen Ramsey jogou três partidas pelo Jacksonville Jaguars, tendo 17 tackles, um passe defendido e um fumble forçado, ainda sem interceptações.

(Foto: Twitter Los Angeles Rams)

Oddsshark