22/12/2019 - 21h59

Philadelphia Eagles domina partida e vence confronto direto com Dallas Cowboys

Defesa anula principais peças do adversário e Eagles vencem Cowboys em jogo decisivo para título da divisão

Na tarde deste domingo (22), o Philadelphia Eagles entrou no Lincoln Financial Field disposto a conquistar a vantagem de decidir o título da Divisão Leste da NFC ao vencer o rival direto Dallas Cowboys. Com um placar baixo de 17 a 9, o time conseguiu segurar o ataque terrestre dos visitantes limitando as ações de Zeke Elliott e cia por apenas 54 jardas, e colocou nas mãos de Dak Prescott a responsabilidade de carregar o time. A estratégia deu certo e a equipe dirigida por Doug Pederson dominou o jogo, triunfou diante dos torcedores e colocou uma das mãos na vaga para os playoffs.

O time da casa entrou na partida encarando o desafio com o espírito correto, o de decisão. E com a faca entre os dentes, Carson Wentz e seus companheiros de ataque pontuaram logo na primeira campanha. Apesar de sair do campo com apenas um field goal, o ataque começou levantando a torcida com um passe fantástico de Wentz pelo meio da defesa dos Cowboys encontrando as mãos de JJ Arcega-Whiteside. Carregando a bola por 5:28, os Eagles pararam na jarda 18 do campo de ataque e Jake Elliott colocou a bola dentro do Y.

Por outro lado, Dak Prescott não entrou bem na partida e para piorar, o QB dos visitantes foi prejudicado com muitos drops do seus recebedores. Logo que entrou em campo, Dallas acabou sendo expurgado com um 3 and out. O momento era claro dos anfitriões.

E a moral dentro de campo se traduziu com o primeiro touchdown do jogo. Wentz conduziu uma campanha segura e teve num passe lateral para Miles Sanders uma big play de 29 jardas. Avanço que deixou os Eagles de cara pra end zone. Foi então que Wentz encontrou o tight end Dallas Goedert na zona pintada e fez o placar rodar para 10 a 0.

A defesa de Philadelphia forçou outro 3 and out na segunda vez que Prescott pegou na bola e a impressão era que os Eagles simplesmente não deixariam os Cowboys respirarem. Mas, a defesa dos visitantes arrancou Wentz do campo logo depois e deu o recado mostrando que não venderiam a partida por pouco, ainda mais em um jogo decisivo. Isso fez Prescott recuperar a moral e impulsionar o ataque para colocar o kicker Kai Forbath em posição de chute. Forbath mandou uma bomba de 49 jardas e diminuiu o problema.

No segundo período, Philadelphia caiu em sono profundo e perdeu a chance de matar o jogo ainda no primeiro tempo. Os Eagles passaram a entregar o ouro quando sofreram um turnover por não avançar as 10 jardas nas 4 tentativas. Mais tarde, foi a vez de Jake Elliott errar um field goal de 55 jardas. Com isso, os Cowboys conseguiram mais 3 pontos com Forbath e derrubaram a diferença de pontos para apenas 4.

Retornando ao gramado para o terceiro período, se esperava uma virada dos Cowboys após uma campanha firme dos visitantes com sequência de corridas de Zeke Elliott. O jogador tinha construído números bem fracos na primeira etapa e foi ganhando confiança com seu talento. Cansado, o running back pediu para sair e o bom reserva Tony Pollard sofreu um fumble em uma descida de 10 snaps e quase 5 minutos com a posse da bola. Um lance crítico que contribuiu para devolver o momento aos anfitriões.

Os Eagles tiveram um pouco de dificuldade para estabelecer o playbook, sendo obrigados a devolver a bola para os Cowboys mais uma vez antes de finalmente, Wentz liderar o ataque e marchar por 80 jardas antes de novo TD. A conexão entre Wentz e Greg Ward levou 38 jardas de avanço e Miles Sanders precisou de mais uma para cruzar o plano de goal e ampliar a vantagem.

A partida seguiu com Prescott enfrentando muita pressão da defesa dos Eagles e muitos problemas para encontrar seus recebedores. O principal alvo da temporada de Dallas, Amari Cooper fez uma partida bem abaixo da média 4 recepções em 12 tentativas de conexão para apenas 24 jardas. Do outro lado, Jake Elliott destoou errando mais um field goal o que deu uma espécie de sobrevida aos Cowboys. Porém, o máximo que os rivais conseguiram foi outro acerto de Kai Forbath e nada mais.

Com a vitória, o Philadelphia Eagles (8-7-0) precisa apenas de uma vitória na próxima semana contra o New York Giants para garantir sua vaga na pós-temporada, enquanto o Dallas Cowboys (7-8-0) vai depender de uma derrota do rival e uma vitória para conquistar a Divisão Leste da NFC e com isso, o direito de disputar os jogos de mata-mata a partir de 2020.

(Foto: Divulgação site/Philadelphia Eagles)

ACOMPANHE OS MELHORES MOMENTOS DO JOGO:

 

NFL 2019 – SEMANA 16

Sábado (21/12)

Houston Texans 23 @ 20 Tampa Bay Buccaneers
Buffalo Bills 17 @ 24 New England Patriots
Los Angeles Rams 31 @ 34 San Francisco 49ers

Domingo (22/12)

Jacksonville Jaguars 12 @ 24 Atlanta Falcons
Baltimore Ravens 31 @ 15 Cleveland Browns
New Orleans Saints 38 @ 28 Tennessee Titans
Carolina Panthers 6 @ 38 Indianapolis Colts
Cincinnati Bengals 35 @ 38 Miami Dolphins (OT)
Pittsburgh Steelers 10 @ 16 New York Jets
New York Giants 41 @ 35 Washington Redskins (OT)
Detroit Lions 17 @ 27 Denver Broncos
Oakland Raiders 24 @ 17 Los Angeles Chargers
Dallas Cowboys 9 @ 17 Philadelphia Eagles
Arizona Cardinals 13 @ 27 Seattle Seahawks
Kansas City Chiefs 26 @ 3 Chicago Bears – SNF

Segunda-feira (23/12)

22h15 – Green Bay Packers @ Minnesota Vikings

Oddsshark