29/12/2019 - 19h50

No último jogo da temporada regular, Saints atropelam Panthers

Vitória tranquila deixa New Orleans de olho no SNF para saber se terá folga nos playoffs

Sem muita dificuldade, o New Orleans Saints (13-3) atropelou o Carolina Panthers (5-11) por 42 a 10, neste domingo (29), pela semana 17 da NFL. Jogando fora de casa, os Saints chegaram a abrir 35 a 0 no primeiro tempo e puderam até poupar jogadores na etapa final.

Já campeão da NFC South e garantido nos playoffs, New Orleans luta apenas por uma semana de descanso na pós-temporada, ficando com uma das duas melhores campanhas da conferência. Como o Green Bay Packers venceu o Detroit Lions na rodada, o time de Sean Peyton conquista a seed 2 da NFC apenas em caso de vitória do Seattle Seahawks sobre o San Francisco 49ers no Sunday Night Football de hoje.

Caso contrário, os Saints ficam na seed 3 e recebem o Minnesota Vikings na rodada de wild card dos playoffs, no próximo final de semana.

Drew Brees deu mais uma aula e terminou a partida com três passes para touchdown, 253 jardas e 19 de 30 nos lançamentos. Ele ainda deixou o jogo mais cedo e deu lugar a Teddy Bridgewater (1/1, 14 jardas). Tre’Quan Smith, Jared Cook e Taysom Hill receberam os passes para TD de Brees. Já Alvin Kamara anotou outros dois correndo com a bola. O linebacker A.J. Klein também marcou seu TD, este em pick six.

Do lado dos Panthers, que apenas cumpriam tabela, Christian McCaffrey somou 98 jardas e anotou o único touchdown da equipe, correndo com a bola. Um dos poucos destaques de Carolina no ano, o running back se tornou apenas o terceiro na história com 1.000 ou mais jardas aéreas e outras 1.000 terrestres numa mesma temporada.

Já o quarterback calouro Will Grier estreou na NFL de forma melancólica: acertou 1 de 8 passes, com 4 jardas e 1 interceptação. Para piorar, ele foi sackado por Cam Jordan e se machucou, deixando o jogo ainda no primeiro tempo. Kyle Allen assumiu o ataque e terminou com 25/41, 295 jardas e mais uma INT.

(Foto: Reprodução Twitter/New Orleans Saints)

O JOGO

Os Saints fizeram uma primeira campanha quase perfeita, que terminou em touchdown de Alvin Kamara correndo com a bola. O running back repetiria a dose pouco depois, abrindo 14 a 0 no placar, ainda no primeiro quarto.

O jogo caiu de produção, com três punts e um fumble forçado e recuperado pela defesa de New Orleans nas quatro campanhas seguintes. E a defesa visitante voltou a brilhar na sequência, quando A.J. Klein interceptou a bola lançada por Will Grier já próximo da end zone e marcou o terceiro TD os Saints.

E tinha tempo para mais antes do intervalo. Drew Brees comandou duas boas campanhas e concluiu ambas em passes para touchdown. Um com Tre’Quan Smith e outro para Jared Cook. Para não ficar no zero, Joey Slye chutou um field goal e evitou um vexame maior ao final do primeiro tempo: 35 a 3 Saints.

No segundo tempo, o New Orleans Saints tirou um pouco o pé do acelerador e só marcou apenas uma vez. Dessa vez em conexão entre quarterbacks: Brees lançando para o polivalente Taysom Hill. No ataque seguinte, o Carolina Panthers descontou em corrida de Christian McCaffrey, único TD do time da casa na tarde.

O quarto período foi protocolar e sem pontos. Os Saints chegaram a tirar Brees de campo e deram a chance de Teddy Bridgewater jogar. Até mesmo uma homenagem ao QB que liderou o ataque de New Orleans no começo da temporada, durante lesão do titular. No finalzinho ainda houve tempo para Janoris Jenkins interceptar Kyle Allen e acabar de vez com a partida.

Oddsshark