NFL

Oferecimento      
14/01/2020 - 23h12

Luke Kuechly anuncia aposentadoria da NFL

O linebacker jogou durante oito anos na liga e foi um dos grandes nomes do Carolina Panthers e da posição

Luke Kuechly decide se aposentar da NFLUma notícia pegou a NFL de surpresa nesta terça-feira (14). O linebacker Luke Kuechly anunciou sua aposentadoria da liga após oito temporadas pelo Carolina Panthers, onde se tornou um dos principais nomes da equipe. O jogador tem apenas 28 anos de idade, mas os diversos problemas de concussão foram determinantes na decisão.

A decisão de Kuechly foi divulgada no Twitter dos Panthers. A franquia postou um vídeo com pouco mais de três minutos, em que o linebacker explicava os motivos de tomar essa decisão em sua carreira. Os torcedores do time usaram o tweet para agradecer ao jogador e pedir a aposentadoria de sua camisa.

“Acho que agora é a chance certa de seguir em frente”, disse o camisa 59. “Fico triste porque eu amo jogar esse jogo, desde que eu era criança. É a minha coisa favorita no mundo. As memórias que tenho deste lugar e desta organização e de estar em campo com essas caras – elas nunca vão embora”.

O currículo de Kuechly é daqueles de dar inveja. Em oito temporadas, ele foi eleito para sete Pro Bowls,  teve sete seleções do AP All-Pro com cinco no primeiro time, o prêmio de Jogador Defensivo do Ano (2013) e o prêmio de Rookie Defensivo do Ano da NFL (2012).

Além disso, o jogador termina sua carreira com 1.092 tackles, o máximo registrado na NFL desde que ele entrou na liga. Suas 18 interceptações são o maior número entres linebackers desde 2012 e o terceiro na história da franquia. Seus 75 tackles for loss estão empatados em quinto lugar entre os linebackers nesse período.

“No meu coração, eu sei que é a coisa certa a fazer… Só há uma maneira de jogar este jogo desde pequeno – jogar rápido, jogar físico e jogar forte. E, neste momento, não sei se sou capaz para fazer mais isso.”

Com números individuais expressivos, Luke Kuechly ajudou o Carolina Panthers a conquistar a NFC South durante três anos (2013, 14 e 15), além de uma aparição no Super Bowl 50, no qual o time acabou derrotado pelo Denver Broncos.

“Embora eu deseje poder tê-lo por muitos anos, ele fez tudo da maneira certa e respeitamos a decisão que ele tomou”, disse David Tepper, dono dos Panthers. “Luke é um jogador único em uma geração e alguém que queremos que todos os membros desta organização imitem.”

Com certeza ele deixou um legado para sua franquia e para todos na NFL, sendo um espelho para todos os jogadores da liga, de modo geral. Obrigado por tudo, Luke Kuechly.

Crédito foto: Twitter/Carolina Panthers

Oddsshark