31/03/2020 - 20h34

Lindsay diz que não cederá seu lugar nos Broncos para Gordon

Phillip Lindsay diz que não irá se contentar em ser a segunda opção dos Broncos

Phillip Lindsay, running back do Denver BroncosO Denver Broncos contratou o running back Melvin Gordon durante o período de free agency, mas isso não quer dizer que Phillip Lindsay vai se contentar em ser a segunda opção.

Em entrevista para o 9News, veículo local, Lindsay disse que não vai ceder o seu lugar para Gordon tão facilmente.

“Quando o treinamento começar, vai ser uma batalha”, disse Lindsay. “Não vou sentar e entregar o trabalho para outro. Eles podem fazer isso, mas eu vou chegar lá e lutar”.

Gordon assinou um contrato de dois anos por US$ 16 milhões com os Broncos, então está claro que o time pretende fazer o investimento valer e usá-lo na próxima temporada. Por outro lado, o salário base de Lindsay para 2020 é estimado em apenas US$ 750 mil e ele se tornará um free agent em 2021.

Em entrevista para o site dos Broncos, o general manager John Elway disse que Gordon é a ajuda que o time precisa para chegar mais vezes à end zone em 2020.

“No final das contas, precisamos marcar mais pontos este ano. Tivemos problemas do ponto de vista ofensivo nos últimos dois, três anos, então precisamos melhorar nesse aspecto”, disse Elway. “Eu acho que o Melvin vai ser um dos pontos chaves que nos ajudará a melhorar”.

Lindsay ultrapassou a marca das mil jardas terrestres em suas duas temporadas pelos Broncos, com uma média de 4,5 jardas por tentativa de corrida em 2019, totalizando 2.048 jardas em 31 jogos pelo time. Em seus cinco anos na NFL, Gordon chegou a essa marca apenas um vez e teve em média 3,8 jardas por tentativa de corrida no ano passado.

“Melvin não é meu inimigo”, disse Lindsay. “Ele é meu companheiro de equipe. Ele precisa fazer o trabalho dele, mas pode apostar que eu também farei o meu”.

(Foto: Reprodução Twitter / Denver Broncos)

Oddsshark