15/04/2020 - 18h41

Kirk Cousins comenta sobre troca de Stefon Diggs e jogos sem torcida

Quarterback dos Vikings vê pontos positivos em partidas sem público e considera que saída de Diggs era inevitável

Quarterback do Minnesota Vikings Kirk CousinsKirk Cousins segue treinando conforme planejado, na medida do possível, enquanto aguarda o início da temporada. Em entrevista coletiva virtual concedida nesta quarta-feira (15), o quarterback do Minnesota Vikings comentou a respeito do retorno da NFL à ativa e também falou publicamente sobre a troca de Stefon Diggs pela primeira vez.

Mesmo em meio à pandemia da COVID-19, a NFL pretende seguir a programação normal, começando a temporada regular em setembro. Para Kirk Cousins, a possibilidade de jogar sem torcedores nas arquibancadas pode trazer pontos positivos.

“Honestamente, nós treinamos em um gramado vazio e, quando jogamos fora de casa, utilizamos gravações com o barulho da torcida. Então estamos mais do que acostumados a isso. Os treinamentos da offseason não têm toda a pompa e circunstância, então, sinceramente, seria revigorante poder simplesmente jogar. É um sopro de ar fresco saber que não teremos toda aquela fumaça e fogo. Podemos apenas jogar futebol americano. Enquanto estivermos jogando, não terei reclamações. E espero que, caso não tenha voltado ao normal, encontremos uma forma de fazer isso funcionar”.

O quarterback garante que está em forma, mesmo enfrentando as limitações impostas aos treinos físicos.

“Eu tinha minhas dúvidas, mas estou usando a tecnologia para me manter em contato com meu preparador físico, e tenho equipamentos suficientes em casa para realizar um bom treino. Eu me sinto bem fisicamente. Jogar catch é interessante – seja com meu irmão, com meu vizinho ou com alguém que esteja próximo. Estou jogando catch, e acho que meu ombro tem trabalhado o bastante. Honestamente sinto que estou com a mesa forma que teria caso estivéssemos levando uma vida normal ao longo desse último mês e meio. Estou feliz por ter encontrado um ritmo que funciona para mim”.

Evidentemente, Cousins também foi questionado a respeito da troca de Stefon Diggs com o Buffalo Bills. O quarterback elogiou o antigo companheiro de time, mas reconheceu que a saída do wide receiver era iminente.

“Ficou claro que ele gostaria de jogar em outro lugar, e acho que os Vikings forma inteligentes por oferecerem essa oportunidade. Não era um mistério, e não vejo problemas nisso. Eu realmente desejo o melhor a ele. Adorei a chance de jogarmos juntos. Ele é um jogador especial, mas agora precisamos seguir em frente e substituir isso com uma variedade de jogadores. Esse será nosso desafio daqui em diante, criar alternativas para o Adam [Thielen] no outside, e há muitas formas para fazermos isso. Então eu estou empolgado com o desafio”.

Kirk Cousins renovou o contrato com o Minnesota Vikings em março. O quarterback, que ainda possuía um ano restante no acordo inicial de três temporadas, assinou uma extensão válida até o final de 2022. Em 31 jogos disputados pelo time, Cousins soma 7.901 jardas, 56 touchdowns e 16 interceptações, com aproveitamento de 69,7% nos passes e rating de 103.

(Foto: Reprodução Twitter/Minnesota Vikings)

Oddsshark