NFL

16/02/2020 - 20h18

Kevin Colbert evita impor data limite para retorno de Ryan Shazier

General manager dos Steelers afirma que time quer manter linebacker, mas não pretende apressar volta do jogador

Linebacker do Pittsburgh Steelers Ryan ShazierRyan Shazier não disputa uma partida pelo Pittsburgh Steelers há mais de dois anos. Entretanto, o time ainda pretende manter o linebacker no elenco. Em entrevista ao site Trib Live publicada neste domingo (16), o general manager Kevin Colbert afirmou que o time não pretende impor um limite ao retorno do jogador.

O contrato do linebacker chegou ao fim em 2018. No entanto, como Ryan Shazier ainda integrava a lista de Phisically Unable to Perform (PUP), os Steelers optaram por realizar um toll. A prática permite que o acordo de um jogador que integre a lista de PUP no último ano de contrato tenha o vínculo estendido por mais uma temporada, sem a necessidade de renovação. Com isso, Shazier manteve o salário do ano anterior e também pode incluir a última temporada na conta da pensão de aposentadoria. Entretanto, a prática do toll não será possível em 2020, já que Shazier não possui mais um vínculo com a franquia. Sendo assim, caso a extensão não seja assinada, o jogador será um free agent em março.

O proprietário dos Steelers, Art Rooney, já indicou que pretende manter o jogador no time “em alguma capacidade”. Já Kevin Colbert reconhece que a situação é extremamente específica, mas reiterou a intenção de manter o vínculo com o veterano.

“Ryan continua no elenco. E nós – eu, Ryan, Mike Tomlin e Art Rooney – continuaremos discutindo a respeito disso daqui para a frente. Quando lidamos com Shazier, não estamos estabelecendo datas. Estamos lidando com um jovem adulto que busca recuperar a carreira. Sempre apoiaremos isso, seja seguindo uma data ou aceitando termos específicos. Ainda precisamos seguir regras, mas não há um teto e nem uma data limite para o possível retorno”.

Shazier sofreu uma grave lesão na coluna durante a partida da semana 13 na temporada 2017, contra o Cincinnati Bengals. O linebacker perdeu o movimento nos membros inferiores, mas voltou a andar em abril de 2018 após um extenso tratamento. Atualmente, Shazier segue progredindo na reabilitação, e já realiza treinos físicos com o intuito de retornar ao esporte. Colbert elogiou a perseverança e o progresso do jogador.

“Houve uma melhora significativa. Jamais poderemos tirar isso de Ryan. Sempre dissemos a ele que não pretendemos impor um teto. Quando Ryan estiver saudável o bastante para voltar a jogar, que é o objetivo, tomaremos uma decisão. Ele também tomará uma decisão nesse momento, e vamos respeitá-la”.

Selecionado na primeira rodada em 2014, Ryan Shazier disputou 46 jogos em quatro temporadas pelo Pittsburgh Steelers, somando 299 tackles, 25 passes defendidos, sete sacks, sete fumbles forçados e sete interceptações.

(Foto: Reprodução site oficial/Pittsburgh Steelers)

Oddsshark