NFL

19/02/2020 - 16h14

Jadeveon Clowney pode se tornar o defensor mais caro da NFL

Defensive end prioriza jogar por um time competitivo, mas deve receber um contrato recorde

Jadeveon Clowney intercepta bola em jogo contra o Arizona CardinalsSe o Seattle Seahawks deseja manter Jadeveon Clowney no elenco, o preço pode ser alto. Nesta terça-feira (18), Matt Miller, jornalista do Bleacher Report, reportou que o defensive end deseja um contrato recorde. O defensor também almeja jogar por uma equipe competitiva: “Eu só quero vencer. (…) Estou tentando ir pro Super Bowl de qualquer maneira”, afirmou o jogador após a derrota para o Green Bay Packers no divisional round.

Ainda sobre o revés nos playoffs, o edge reafirmou a prioridade por uma equipe “contender” acima das questões financeiras: “Eu não estou procurando nenhuma equipe por dinheiro. (…) Eu não vou colocar o meu corpo nisso tudo para perder 16 jogos e ir para casa com o meu cheque. Eu odiaria isso, então não é o que estou fazendo”.

Em 2019, o Houston Texans trocou Clowney para o Seattle Seahawks, após não entrar em um acordo para extensão de contrato. Para receber o pass rusher, os Hawks enviaram uma escolha de terceira rodada de 2020 e dois linebackers, Barkevious Mingo e Jacob Martin. Apesar da troca, o edge não assinou uma renovação após o negócio.

Na temporada passada, Clowney disputou 15 partidas, incluindo playoffs. Durante os jogos anotou três sacks, 31 tackles, quatro fumbles forçados e uma interceptação retornada para touchdown. O defensor não foi selecionado para o Pro Bowl, o que acabou com uma sequência de três eleições consecutivas para o torneio.

(Foto: Reprodução Site/Seattle Seahawks)

“Olsen” duro de roer

Enquanto a novela Jadeveon Clowney continua, os Seahawks assinaram com o experiente tight end Greg Olsen. O jogador de 34 anos acertou por um ano e US$ 7 milhões e chega para disputar a titularidade com Will Dissly e Ed Dickson. O veterano ainda foi disputado por Washington Redskins e Buffalo Bills.

Oddsshark