NFL

10/02/2020 - 15h10

Ex-jogador da NFL vence o Oscar de melhor curta-metragem de animação

Após passagem apagada na NFL, Matthew Cherry leva o prêmio máximo do cinema por sua animação "Hair Love"

Neste domingo (10), o tapete vermelho tomou o lugar dos gramados nos Estados Unidos. Após o término da temporada da NFL 2019, o prêmio Oscar era o grande assunto da semana. Mesmo um ex-jogador da NFL foi destaque: Matthew Cherry levou o prêmio de melhor curta-metragem de animação ao lado de Karen Toliver.

O filme “Hair Love”, dirigido por Cherry, aborda, de forma divertida, a relação de uma menina negra, Zuri, com seus cabelos. O curta de 7 minutos já ultrapassou as 14 milhões de visualizações no YouTube (confira abaixo), e traz as tentativas do pai Stephen em arrumar os cabelos da filha.

Em seu discurso, Cherry mencionou que o filme foi motivado “por uma vontade de ver mais representatividade em animações”, bem como pelo desejo de “normalizar o cabelo afro”. Ao final, ainda fez uma breve homenagem ao astro Kobe Bryant, que faleceu recentemente em acidente de helicóptero.

Com passagens por Bengals, Ravens, Panthers e Jaguars, a carreira de Cherry nunca decolou de verdade na NFL. Durante as quatro temporadas que esteve na liga, o wide receiver nunca conseguiu jogar, sempre sendo preterido por outros jogadores. Na produção cinematográfica, contudo, já se consagra entre os melhores.

Oddsshark