15/12/2019 - 19h05

Defesa segura no fim e Houston Texans triunfa em confronto direto

Watson e cia vencem Titans fora de casa e confirmam liderança da AFC Sul

Era um confronto direto. Num território hostil. No primeiro dos dois jogos decisivos contra o Tennessee Titans, melhor para o Houston Texans. A equipe de Deshaun Watson ignorou a torcida adversária e conseguiu o triunfo. Numa segunda etapa muito movimentada, os texanos venceram por 24 a 21, neste domingo (15) no Nissan Stadium, em Tennessee.

Kenny Stills esteve em uma tarde precisa. Com apenas três recepções, acumulou 35 jardas e dois touchdowns. Watson, apesar das duas interceptações, conseguiu dois TD aéreos e 243 jardas pelo ar. Carlos Hyde deixou o campo com 104 jardas e um TD. DeAndre Hopkins também quebrou a barreira centenária com 119 jardas aéreas em seis recepções.

Pelos Titans, Ryan Tannehill lançou dois touchdowns e uma interceptação. Além disso, o QB acumulou 279 jardas em 22 passes certos de 36 tentativas. O jogador acabou ficando marcado por nos segundos finais ter sofrido um sack que praticamente encerrou o duelo. Sem tempos para pedir, tentou reorganizar o time para um spike, mas o fez com o cronômetro zerado, o que encerrou o jogo.

Linda bola de Watson para Stills:

A vitória deixa Houston como líder da divisão. A situação para o time clareou. Para garantir a vaga nos playoffs, os Texans precisam vencer um dos próximos dois jogos. É bom lembrar que na última rodada o time joga em casa contra o próprio Tennessee. Os Titans têm um jogo atrás na corrida pelo título da AFC South, porém Houston têm um melhor retrospecto dentro da divisão, o que garante a vantagem ao time.

E o jogo começou complicado para os visitantes. Logo na primeira campanha, Watson foi interceptado por Kenny Vaccaro quando buscou um passe na end zone pela esquerda. Na sequência, os Titans não aproveitaram o turnover, pois tiveram o field goal bloqueado. A primeira etapa virou um verdadeiro festival de punts e terminou em 0 a 0.

A segunda etapa começou mais animada. Ao menos para os visitantes, que conseguiram uma incrível interceptação com Whitney Mercilus. A bola ricocheteou no recebedor e o linebacker conseguiu recuperar a bola antes que ela caísse. Não satisfeito, partiu para a pick six e só foi parado 86 jardas depois. Então, Watson não perdoou e abriu o placar com bola direto nas mãos de Stills, 07 a 00.

Antes do intervalo, os visitantes ampliaram. Numa jogada muito parecida, Watson observou a movimentação de Stills. Com um belo passe por cima, a bola caiu no colo do recebedor, já na end zone, levando os times para o vestiário com um 14 a 00 para Houston. O clima era de que dificilmente os Titans teriam forças para voltar, já que produziram pouquíssimo na primeira etapa.

Interceptação e incrível retorno:

No retorno para os dois últimos quartos, Tennessee melhorou muito. Tanto é que em três lances deixou tudo igual. Primeiro, Tannehill resolveu com as próprias pernas e anotou um TD de uma jarda. Depois, Jayon Brown interceptou Watson pela segunda vez. De volta com a posse, num drive que contou com uma corrida de 57 jardas de Jonnu Smith, os anfitriões empataram quando Tannehill encontrou AJ Brown para cinco jardas, 14 a 14.

O lance parece ter acordado os Texans. O time de Houston partiu com tudo e Carlos Hyde correu dez jardas para o TD. A defesa forçou o punt dos donos da casa e de volta com a bola, por mais que touchdown não tenha saído, Watson conseguiu posicionar Ka’imi Fairbairn para um chute tranquilo de 29 jardas que ampliou a diferença para 24 a 14.

Correndo contra o tempo, os Titans até conseguiram descontar. Dion Lewis recebeu um bom passe pelo meio e foi direto para o TD de 11 jardas, deixando o placar em 24 a 21. Mesmo sem conseguir recuperar o on-side kick, Tennessee ainda teve uma última chance. Mas com poucos segundos no relógio, Tannehill sofreu um sack quase na própria end zone e tentou um spike para parar o relógio. Só que o lance aconteceu com o cronômetro zerado e os juízes decretaram o final do duelo em 24 a 21.

Na próxima semana, o Houston Texans (9-5) viaja para encarar o Tampa Bay Buccaneers. A vitória classifica a equipe para os playoffs. Os Titans secam os rivais, enquanto recebem Drew Brees para o duelo contra o New Orleans Saints, ainda sonhando, mesmo que de longe, com a vaga.

Lances de Texans 24, Titans 21:

Foto: Twitter / Houston Texans

NFL 2019 – SEMANA 15

Quinta-feira (12/12)

New York Jets 21 @ 42 Baltimore Ravens

Domingo (15/12)

New England Patriots 34 @ 13 Cincinnati Bengals
Tampa Bay Buccaneers 38 @ 17 Detroit Lions
Chicago Bears 13 @ 21 Green Bay Packers
Houston Texans 24 @ 21 Tennessee Titans
Denver Broncos 3 @ 23 Kansas City Chiefs
Miami Dolphins 20 @ 36 New York Giants
Philadelphia Eagles 37 @ 27 Washington Redskins
Seattle Seahawks 30 @ 24 Carolina Panthers
Jacksonville Jaguars 20 @ 16 Oakland Raiders
Cleveland Browns 24 @ 38 Arizona Cardinals
Minnesota Vikings 39 @ 10 Los Angeles Chargers
Los Angeles Rams 21 @ 44 Dallas Cowboys
Atlanta Falcons 29 @ 22 San Francisco 49ers
Buffalo Bills 17 @ 10 Pittsburgh Steelers – SNF

Segunda-feira (16/12)

22h15 – Indianapolis Colts @ New Orleans Saints

Oddsshark