30/12/2019 - 02h14

Defesa garante vitória e 49ers conquistam a NFC West em cima dos Seahawks

San Francisco conquista título de Divisão Oeste e assegura primeira colocação da Conferência Nacional na temporada 2019

San Francisco 49ers conquista a NFC West e garante primeira colocação na Conferência Nacional da NFLA temporada regular de 2019 da NFL acabou com San Francisco decidindo o título da NFC West na última jogada. Neste domingo (29), os 49ers (13-3) foram até o CenturyLink Field e em um jogo digno do Sunday Night Football, os visitantes venceram o Seattle Seahawks (11-5) por 26 a 21 e além de garantirem o título da divisão, asseguraram o #1 seed da Conferência Nacional para os playoffs da liga e a vantagem de decidir em casa até o Super Bowl.

O destaque do jogo ficou por conta da grande ação defensiva dos Niners durante toda a partida. O linebacker Dre Greenlaw anotou 13 tackles totais, um para perda de jardas. Pelo o ataque, o melhor em campo foi o wide receiver Deebo Samuel, com cinco recepções para 102 jardas, além de duas corridas para 33 jardas e um touchdown. O quarterback Jimmy Garoppolo completou 18 de 22 passes para 285.

Pelo lado dos Seahwaks, Russell Wilson teve 25 de 40 passes completos para 233 jardas e dois TDs. O recebedor DK Metcalf conseguiu seis recepções para 81 jardas e uma passagem pela end zone. Além deles, Marshawn Lynch também marcou um dos touchdowns, mas teve apenas 34 jardas terrestres em 12 corridas.

E com o fim da fase regular após 17 semanas, o caminho para o Super Bowl LIV em Miami, no dia 2 de fevereiro, ficou definido. Na NFC, San Francisco e Green Bay Packers ficam de bye e no wild card, o New Orleans Saints recebe o Minnesota Vikings e Seattle enfrentará o Philadelphia Eagles fora de casa. Ambos os jogos serão no próximo domingo, dia 5 de janeiro. Já na AFC, Baltimore Ravens e Kansas City Chiefs ficam de bye, enquanto o Houston Texans recebe o Buffalo Bills e Tennessee Titans visita o New England Patriots no próximo sábado, dia 4 de janeiro, na primeira rodada dos playoffs.

O jogo

A defesa dos 49ers já começou a partida forçando o 3&out do ataque dos donos da casa. Com a posse, o ataque moveu as correntes até que restou o chute de 47 jardas para o kicker Robbie Gould abrir o placar com os três pontos. E, no drive seguinte, a defesa do coordenador Robert Saleh conteve mais uma vez os Seahawks em apenas seis jogadas – mesmo com Lynch reestreando – e depois de avançar quase todo o campo, Deebo Samuel ficou com a bola e correu 30 jardas para dentro da end zone após se livrar dos tackles: 10 a 0.

No segundo quarto, a unidade ofensiva de Seattle não ficou em campo por muito tempo mais uma vez e o San Francisco 49ers voltou a pontuar com Gould certeiro no field goal de 30 jardas. E os comandados do head coach Pete Carroll ainda tentaram anotar pelo menos um FG antes do jogo ir para o intervalo – mesmo porque a equipe não ficava sem marcar há tanto tempo havia dois anos -, mas a defesa conteve o “Beast Mode” em uma quarta descida para uma jarda e os times foram para os vestiários com 13 a 0 no placar para os Niners.

O terceiro quarto começou com a defesa do time da casa finalmente conseguindo forçar um punt após apenas três jogadas da volta do half time. E parece que a conversa também funcionou com o lado ofensivo. O time conseguiu mover bem as correntes por mais de sete minutos até Russell Wilson escapar da pressão dos adversários e lançar uma linda bola para Tyler Lockett pegar o passe de 14 jardas no fundo da terra prometida para diminuir o placar para 13 a 7.

Só que a resposta do San Francisco 49ers foi imediata e não deu nem a chance do torcedor no CenturyLink Field comemorar por muito tempo. Em apenas cinco jogadas os visitantes chegaram à end zone em corrida curta do RB Raheem Mostert para manter as duas posses de vantagem. Só que a conversão de dois pontos não foi bem sucedida: 19 a 7.

O último período começou com os Seahawks tentando recuperar o prejuízo. E depois de oito minutos e meio, Seattle não cometeu o erro do passado e deu a bola para Marshawn Lynch voar para dentro da terra prometida da linha de uma jarda para deixar o jogo em 19 a 14.

Contudo, os 49ers estavam decididos a sair de campo com a vitória para garantir o #1 seed da NFC.Em mais um drive rápido e com grande avanços, Mostert correu 13 jardas e só parou quando anotou o seu segundo touchdown para San Francisco, deixando o rival da Divisão Oeste correr atrás da vitória com quase seis minutos restando no relógio e 26 a 14.

Isso não foi nenhum empecilho para que Wilson e seu ataque fossem para campo desesperados. O signal caller comandou uma campanha de pouco mais de dois minutos e sete jogadas para acabar com um passe de 14 jardas para DK Metcalf plantar os pés na end zone e deixar o confronto vivo: 26 a 21.

A defesa de Seattle fez a parte dela após o chute de devolução e forçou o 3&out dos visitantes. Com a bola antes do two-minute warning, Wilson foi decisivo e levou o seu time até a boca da terra prometida na linha de uma jarda. Só que uma falta por delay of game colocou o ataque na linha de seis jardas; e na 4&goal a defesa dos Niners parou o tight end Jacob Hollister a centímetros de marcar o TD, a bola ficou com San Francisco para correr e definir a vitória e a primeira colocação da Conferência Nacional.

(Foto: Reprodução Twitter/Around The NFL)

Oddsshark