NFL

Oferecimento      
12/01/2020 - 20h40

Com virada inacreditável, Chiefs batem Texans e voltam à final da AFC

Com atuação de gala de Mahomes e Kelce, KC vai disputar decisão da conferência

A NFL é o esporte dos milagres. Pelo menos foi o que aconteceu no Arrowhead Stadium em Kansas City. Num jogo com um primeiro tempo insano, os Chiefs, donos da casa, conseguiram uma virada histórica. Com direito a sete touchdowns seguidos de Pat Mahomes, KC bateu o Houston Texans, neste domingo (12), por 51 a 31, pelo divisional round dos playoffs da AFC.

Mahomes foi soberbo. Depois de sofrer com drops dos recebedores no primeiro quarto, o quarterback beirou à perfeição. Foram 321 jardas aéreas e cinco touchdowns. Travis Kelce esteve mais uma vez sublime. Em 10 passes em sua direção, foram 134 jardas e três TDs. Damien Williams anotou outros dois e acumulou 47 jardas terrestres.

Por Houston, Deshaun Watson bem que tentou. Foram 388 jardas e dois touchdowns aéreos, além de mais um terrestre para o QB. DeAndre Hopkins teve ações limitadas após uma lesão no fim do tempo inicial e mesmo assim acumulou 118 jardas. Kenny Stills e Darren Fells anotaram um touchdown cada para os visitantes.

Fumble é vida:

Quando a bola voou no kickoff, Watson e Hyde lideravam um surpreendente Texans. Jogando com muita autoridade mesmo longe de Houston, o time abriu o placar num belo lance. A marcação do Chiefs se confundiu e Stills encontrou um buraco de 54 jardas que só terminou na end zone, 07 a 00.

E a sequência não poderia ser melhor. A defesa forçou três jogadas apenas aos rivais e quando os donos da casa foram para o punt, foram bloqueados. Bola recuperada por Lonnie Johnson Jr, que anotou outro TD, 14 a 00.

E depois de novo punt, agora feito por Houston, mais um lance desastroso dos Chiefs. Tyreek Hill, ao recepcionar o chute, acabou deixando a bola cair e o fumble foi recuperado por Houston. Darren Fells recebeu passe de quatro jardas e 21 a 00 ainda no primeiro quarto.

Eis então o momento que mudou o clima do confronto. Os Texans tinham novamente a posse e estavam numa quarta para um na linha de 13 do ataque. Após queimar um tempo, Bill O’Brien decidiu ir para o field goal, convertido por Kai Fairbaim, 24 a 00.

A covardia dos visitantes foi duramente punida. Numa das viradas mais incríveis da história da NFL, os Chiefs vieram como um rolo compressor. Depois de incrível retorno de 58 jardas de Mecole Hardman, Mahomes enfim entrou no jogo. Passe de 17 jardas, TD de Williams, 24 a 07.

Depois, mais uma decisão, esta ainda mais contestável de O’Brien. Quarta para quatro, linha de 31 da defesa. Dessa vez, Houston decide arriscar. O fake punt deu errado e a posse voltou para os Chiefs, já no campo de ataque. Mahomes mais uma vez castigou os visitantes, agora na conexão com Kelce, para cinco jardas, 24 a 14.

Passe genial de Mahomes para Kelce:

Então, como a maré virou, mais um lance inacreditável. No kickoff, DeAndre Carter recebeu e partiu para o retorno, mas se enrolou com a bola após o tackle e perdeu a posse. Novamente com o ataque em campo, Mahomes conectou Kelce mais uma vez, que anotou seu segundo TD em três minutos, 24 a 21.

E antes do intervalo, Mahomes encontrou novamente o tight end, num passe espetacular e o placar foi para incríveis 28 a 24 no primeiro tempo. Foi a maior combinação de pontos (52) numa etapa inicial na história dos playoffs da NFL.

Na volta do intervalo, o clima seguiu o mesmo para os Chiefs. Atuando com extrema facilidade no ataque, os anfitriões ampliaram a diferença. Williams correu para uma jarda, 34 a 24. Depois, o running back correu para cinco jardas pelo meio e fez 41 a 24. Foram 41 pontos sem resposta de forma seguida dos Chiefs, um recorde na pós-temporada.

41 pontos sem resposta:

No final do terceiro quarto, Watson fez uma campanha quase perfeita e diminuiu a contagem para 41 a 31, quando ele mesmo definiu o lance correndo cinco jardas. Só que Mahomes estava naquele dia de MVP. Bola curta para Blake Bell, oito jardas, 48 a 31. Foram sete touchdowns seguidos do quarterback, um outro recorde em playoff. Antes do fim, houve tempo ainda de um field goal no alvo de Harrison Butker, 24 jardas, dando números finais em 51 a 31.

Com a vitória, o Kansas City Chiefs receberá no próximo domingo (19/01) o Tennessee Titans na decisão da AFC. Nos últimos quatro duelos entre as duas equipes, quatro vitórias dos Titans. Será que chegou a hora da redenção de Mahomes e companhia? O prêmio? Uma vaga para o Super Bowl, título que não vai para KC desde 1969.

Foto: Twitter / Kansas City Chiefs

Oddsshark