24/11/2019 - 19h21

Com grande atuação ofensiva, Buccaneers vencem os Falcons fora de casa

Com Jameis Winston e Chris Godwin numa tarde inspirada, a franquia da Flórida venceu o clássico da NFC South

Buccaneers vencem Falcons fora de casaNeste domingo (24), o Atlanta Falcons (3-8) recebeu o Tampa Bay Buccaneers (4-7) e foi derrotado dentro de seus domínios pelo rival por 35 a 22. O time da Flórida contou com um bom jogo da dupla Jameis Winston e Chris Godwin brilhando, além de Mike Evans se tornando o segundo jogador na história a ter mais de 1.000 jardas nas seis primeiras temporadas na NFL, junto com Randy Moss. Já os Falcons não repetiram as boas atuações defensivas e lembraram o time antes da bye week.

Pelos Bucs, Winston lançou para 313 jardas, três TDs e duas interceptações. Ronald Jones II correu para 51 jardas e anotou um TD. Godwin recebeu sete passes e 184 jardas, marcando dois touchdowns. O nose tackle Vita Vea foi para o ataque bloquear e acabou anotando um TD também. A defesa brilhou parando o ataque dos Falcons e recuperando um fumble para TD. Mike Evans recebeu 50 jardas e não anotou nenhum TD, mas quebro um recorde na NFL.

Nos Falcons, Matt Ryan lançou 271 jardas, nenhum TD, sofreu um fumble e uma interceptação. O reserva Matt Schaub lançou 55 jardas e anotou um TD já no fim do jogo. O jogo terrestre não encaixou, mesmo que Qadree Ollison tenha corrido 20 jardas e anotado um TD. Pelo ar, o time teve um melhor desempenho. Calvin Ridley anotou um TD e recebeu 85 jardas. Russell Gage recebeu 76 jardas, Julio Jones teve 68 jardas e Jaeden Graham apenas 53 jardas, sem nenhum deles anotar touchdown.

A primeira posse da partida parecia promissora para os Falcons. Após uma grande conexão de Ryan para Graham num passe de 53 jardas, o time da casa não aproveitou a chance na red zone e anotou apenas um field goal de 25 jardas com o kicker Younghoe Koo. No drive seguinte, a defesa dos Falcons apareceu e Desmond Trufant interceptou o QB adversário.

Apesar do bom início dos mandantes, os Bucs receberam a bola após um punt e capitalizaram o touchdown na jogada. Após sair do campo de ataque, Winston foi eficiente e achou Chris Godwin num passe de 71 jardas até a end zone, deixando os visitantes na frente por 7 a 3.

No fim do primeiro quarto, Winston sofreu sua segunda interceptação, dessa vez pelas mãos de De’Vondre Campell na linha de 13 jardas do próprio campo. Sem vacilar dessa vez, os Falcons atravessaram as jardas necessárias, após Ollison correr uma jarda e entrar na end zone com um pulo, anotando o primeiro TD do time no jogo e deixando o placar em 10 a 7 ao fim do primeiro tempo.

No segundo período, o time visitante passou na frente do marcador. Com boas jogadas entre Winston e Godwin, entre elas um passe de 22 jardas e outro de 30 jardas, os Buccaneers finalizaram o drive no passe de uma jarda do QB para o wide receiver. Mas o kicker Matt Gay errou o extra point e deixou a vantagem em apenas três pontos para o seu time.

No restante do quarto, os Falcons pareciam o time que estava uma draga antes do bye, não o time que atropelou Saints e Panthers nas últimas semanas. Melhor para os Bucs, que fizeram uma campanha longa e produtiva a caminho da end zone. E por incrível que pareça, um defensor foi responsável pelo TD do time. Na linha de uma jarda, Vita Vea foi ajudar a OL no bloqueio, mas o que aconteceu foi que Vea acabou recendo passe Winston e anotando mais seis pontos, já que Gay errou outro XP para os visitantes. Placar final do primeiro tempo, 19 a 10 para o Tampa Bay Buccaneers.

Na volta do intervalo, os Buccaneers começaram a todo vapor. Após boas corridos dos running backs e de Winston, Ronald Jones II correu quatro jardas e anotou mais um TD para os visitantes, deixando o placar em 25 a 10. No extra point, Gay foi bloqueado pelo calouro Kendall Sheffield, e Neasman tentou correr até a end zone adversária, mas sem sucesso.

Na posse seguinte dos Falcons, o time tentou correr atrás do prejuízo, mas Matt Ryan acabou sendo interceptado por Carlton Davis III. Porém o time de Tampa Bay não obteve sucesso e devolveu a bola em punt para o time de Atlanta. O time da casa até ameaçou anotar um touchdown, mas tropeçou em faltas que atrapalharam o time, resultando a campanha em field goal de 40 jardas para Koo, com o placar em 25 a 13.

Após uma boa campanha no começo do último quarto, os Bucs não chegaram até a end zone e ficaram apenas com o field goal de 32 jardas, que Matt Gay acertou dessa vez. Os Falcons repetiram o drive do adversário, caminhando até a terra prometida, e anotando apenas outro XP com Koo.

Após uma troca de punts, os Falcons tiveram a posse em suas mãos, mas Ryan sofreu um fumble de Jason Pierre-Paul perto da sua própria end zone e viu Ndamukong Suh retornar para o touchdown. 35 a 16 para os Bucs. Com o jogo perdido, Dan Quinn colocou Matt Schaub em jogo. O QB reserva conseguiu anotar um TD, após um passe de 21 jardas para Calvin Ridley, dando números finais ao jogo. Vitória do Tampa Bay Buccaneers por 35 a 22.

Na próxima semana, o Atlanta Falcons recebe o New Orleans Saints no TNF. Já o Tampa Bay Buccaneers visita o Jacksonville Jaguars no próximo domingo.

Foto: Twitter/Tampa Bay Buccaneers

NFL 2019 – SEMANA 12

Quinta-feira (21/11)

Indianapolis Colts 17 @ 20 Houston Texans

Domingo (24/11)

Tampa Bay Buccaneers 35 @ 22 Atlanta Falcons
Denver Broncos 3 @ 20 Buffalo Bills
New York Giants 14 @ 19 Chicago Bears
Pittsburgh Steelers 16 @ 10 Cincinnati Bengals
Miami Dolphins 24 @ 41 Cleveland Browns
Carolina Panthers 31 @ 34 New Orleans Saints
Oakland Raiders 3 @ 34 New York Jets
Seattle Seahawks 17 @ 9 Philadelphia Eagles
Detroit Lions 16 @ 19 Washington Redskins
Jacksonville Jaguars 20 @ 42 Tennessee Titans
Dallas Cowboys 9 @ 13 New England Patriots
Green Bay Packers 8 @ 37 San Francisco 49ers – SNF

Segunda-feira (25/11)

22h15 – Baltimore Ravens @ Los Angeles Rams

Oddsshark