NFL

21/02/2020 - 16h52

Associação de Jogadores da NFL vota contra mudanças no acordo coletivo

Comitê executivo da NFLPA votou 6 a 5 contra o novo CBA; votação final ainda será feita

Roger Goodell, comissionário da NFLA Associação de Jogadores da NFL (NFL Players Association – NFLPA) votaram contra recomendar nesta sexta-feira (21) as mudanças propostas pela NFL e aceitas pelos 32 donos de franquias da liga. De acordo com Tom Pelissero, da NFL Network, o comitê executivo da NFLPA votou 6 a 5 contra o novo acordo coletivo de trabalho.

Nesta tarde, a NFLPA irá fazer uma teleconferência com o representante dos jogadores para continuar as negociações e potencialmente dar o veredito final sobre o novo acordo de trabalho.

Pelo menos dois terços dos representantes dos jogadores precisam aprovar o novo acordo coletivo de trabalho. Em seguida, mais de 50% dos jogadores da liga precisariam aprovar estas mesmas normas.

Já os donos de franquias precisavam de 22 dos 32 votos possíveis. Segundo Adam Schefter, da ESPN americana, fontes afirmam que a escolha não foi unânime entre os proprietários, mas o CBA foi aprovado.

Especula-se que entre uma das mudanças principais, o novo acordo expandiria os playoffs da NFL para sete times em cada conferência, ficando apenas a melhor campanha da AFC e da NFC de fora da primeira rodada do mata-mata. A liga também reduziria um jogo de pré-temporada e aumentaria para 17 semanas a temporada regular.

O novo CBA, se aprovado pelos jogadores, poderá entrar em vigor a tempo do início oficial da temporada 2020 da NFL, no dia 18 de março, alterando potencialmente o teto salarial e a free agency. O atual contrato entre a liga e a NFLPA expira após a temporada de 2020.

(Foto: Reprodução Twitter/Around The NFL)

Oddsshark