19/10/2018 - 13h32

Arizona Cardinals demite coordenador ofensivo e promove técnico de quarterbacks

Cardinals dispensam OC Mike McCoy e promovem no seu lugar o técnico dos QBs Byron Leftwich

Cardinals demitem McCoy e promovem Byron LeftwichO Arizona Cardinals demitiu seu coordenador ofensivo, Mike McCoy, nesta sexta-feira (19), após péssima partida do ataque na derrota por 45 a 10 contra o Denver Broncos, no Thursday Night Football. A informação é de Tom Pelissero, da NFL Network.

Após a partida, o técnico Steve Wilks disse que seria “prematuro” falar sobre uma decisão acerca de seu coordenador, que vinha sendo muito criticado. No entanto, após digerir a derrota e discutir com o general manager Steve Keim, os Cardinals optaram pela demissão.

O substituto no cargo será o técnico dos quarterbacks, Byron Leftwich (à direita na foto). A decisão veio após o time perder seis dos sete primeiros jogos e figurar como o pior ataque da liga com apenas 220,7 jardas por partida.

Esta é a terceira vez que McCoy é demitido nos últimos 22 meses. Em 2016, foi liberado do cargo de head coach dos Chargers e assumiu a posição de coordenador ofensivo dos Broncos em 2017, apenas para ser novamente dispensado ao final da última temporada.

Leftwich se aposentou como quarterback em 2012 e começou sua carreira de treinador em 2016 com um estágio no próprio Arizona Cardinals. Foi promovido a técnico dos quarterbacks em 2017 e agora assume como coordenador ofensivo. O ex-jogador terá a árdua missão de melhorar a produção de seu ataque que conta com peças importantes como o calouro Josh Rosen, escolhido na 10ª posição do Draft de 2018, bem como o running back David Johnson e o eterno wide receiver Larry Fitzgerald.

O desenvolvimento de Rosen é a chave para uma temporada de sucesso em Phoenix, mas para isso será necessário melhorar a atuação da linha ofensiva que é a 27ª em bloqueios para o jogo terrestre e a 18ª em bloqueios para o passe, segundo o site Football Outsiders.

Foto: Arizona Cardinals/Twitter

Oddsshark