27/05/2020 - 01h42

Após rejeitar ESPN, Peyton Manning não descarta ser analista de NFL

Ex-quarterback não aceitou mais uma oferta da emissora para ser comentarista do Monday Night Football, mas não fecha portas

Quando grandes quarterbacks encerram suas carreiras, é normal que eles recebam ofertas para continuarem trabalhando com futebol americano. No caso de Peyton Manning, um dos maiores da história da NFL, ele já rejeitou algumas ofertas para ser analista do Monday Night Football pela ESPN americana mas, mesmo assim, diz que não fechou as portas para aceitar o trabalho no futuro.

“Eu não disse não para sempre, eu disse não para este ano. Ainda não parece o momento certo. Eu realmente odeio ter esse tipo de acordo que diz ‘fale comigo de novo no ano que vem’, mas é assim que eu cheguei nesse capítulo. Eu acredito que devo levar as coisas uma de cada vez. Não é o momento certo agora, mas eu não posso dizer não para sempre.” Disse Manning no programa The Rich Eisen Show.

Manning ainda disse que “não tem um plano de cinco ou dez anos depois do futebol americano”, e, mesmo que ainda veja jogos e os “analise em sua cabeça”, ele está aproveitando o tempo com a sua família. Peyton não foi o único ex-quarterback que teve um contrato oferecido pela ESPN, já que a emissora procurou Tony Romo, atualmente com a CBS, interessados em transformá-lo no comentarista mais bem pago do mundo.

No entanto, Manning também ganharia um contrato recordista, que superaria o atual de Romo, que gira em torno de US$ 14 milhões por ano. Dinheiro não parece ser um problema para Peyton no momento, mesmo depois do fim de sua carreira, já que ele ganha bastante com publicidade e programas na ESPN+. Sua última aparição na televisão aconteceu no último domingo, quando jogou uma partida beneficente de golfe, que também envolveu Tom Brady.

Peyton também disse, em algumas entrevistas, que não quer ser comentarista enquanto seu irmão Eli Manning e alguns de seus companheiros ainda jogassem. Eli fez seu último ano na NFL em 2019, mas os companheiros de Manning ainda estão jogando, como C.J. Anderson, Von Miller e Emmanuel Sanders, alguns de seus amigos campeões do Super Bowl 50 com os Broncos.

No momento, é improvável que veremos Peyton Manning comentando, mas ele se demonstrou interessado no futuro.

(Foto: Ezra Shaw – Getty Images)

Oddsshark