03/12/2018 - 22h50

Murray, Tagovailoa e Haskins são os finalistas do Heisman Trophy

Sem grandes surpresas, organização anuncia quem são os concorrentes ao principal prêmio individual do College

Foram anunciados os finalistas do Heisman Trophy 2018No próximo dia 08 de dezembro de 2018, será revelado o grande vencedor do Heisman Trophy, principal premiação individual do College Football. E a organização anunciou os três finalistas sem grandes surpresas: Dwayne Haskins (Ohio State), Kyler Murray (Oklahoma) e Tua Tagovailoa (Alabama).

Murray e Tagovailoa, inclusive, tem outro encontro marcado: no dia 29 de dezembro pelo Orange Bowl, em duelo válido pelas semifinais do College Football Playoff. O vencedor do duelo entre Oklahoma e Alabama encara no dia 07 de janeiro de 2019, o ganhador do Cotton Bowl entre Clemson e Notre Dame.

Para Oklahoma é a oportunidade de enfileirar em sequência um atleta vencedor do prêmio, já que em 2017, Baker Mayfield, hoje no Cleveland Browns, foi o premiado. Alabama viu Derrick Henry faturar o último troféu para a universidade em 2015, enquanto Ohio State não coloca o prêmio em sua estante deste Troy Smith (2006).

Apesar de um certo favoritismo, Murray já anunciou que não deve seguir carreira no football. O atleta foi a escolha de número nove do draft da MLB pelo Oaklahd Athletics e já anunciou que deve rumar para o beisebol após passagem pelo NCAA Football.

Favorito ao Heisman? Kyler Murray desponta:

Na atual temporada, o quarterback de Oklahoma acumula 4053 jardas, para 40 touchdowns e apenas sete intercetações. Foram 241 passes corretos em 340 tentativas, com média de 70.9% de acertos. O jogador ainda ostenta a marca de 892 jardas terrestres e 11 TDs correndo com a bola.

Tagovailoa surgia como grande favorito ao prêmio, por ter liderado uma campanha perfeita para Bama. Depois de surgir como a solução do último título nacional da equipe, quando tomou o posto de Jalen Hurts no intervalo da decisão contra Georgia, foi contra a mesma equipe, só que na atual temporada, que o jogador fez seu pior jogo. Inclusive, deixou o campo lesionado, abrindo espaço para que o antigo titular confirmasse a virado sobre os Bulldogs, que confirmou Crimson Tide como número 01.

Tagovailoa tem alguma chance?

Durante o ano, Tua conseguiu marcas expressivas. Foram 37 touchdowns lançados e apenas quatro interceptações em 13 jogos. Somou 3989 jardas, com aproveitamento de 67.7%. Corre menos que o principal oponente ao troféu, anotando cinco TDs em 48 tentativas com as pernas.

Correndo por fora aparece o surpreendente Dwayne Haskins de Ohio State. Nos dois últimos jogos dos Buckeyes, o quarterback esteve sublime. Contra Michigan, lançou seis touchdowns e 396 jardas. Na decisão da Big Ten contra Northwestern, se apresentou ainda melhor com 499 jardas e cinco TDs. Desbancou na reta final Will Grier como possível indicado. E pode repetir o feito, desbancando o mesmo jogador, sendo o primeiro QB draftado na próxima seleção da NFL, caso confirme sua ida ao profissionalismo.

Haskins é o azarão:

Foto: Twitter / Heisman Trophy

Oddsshark