20/04/2019 - 03h42

Westbrook supera Lillard, Thunder dá o troco e vence os Blazers

Armador brilha com 33 pontos e Oklahoma City diminui a série para 2 a 1; Lillard faz 25 pontos só no terceiro quarto

Westbrook supera Lillard, Thunder dá o troco e vence os BlazersApós sofrer bastante no ginásio Moda Center, o Oklahoma City Thunder mostrou que está vivo, jogando na Chesapeake Energy Arena, nesta sexta-feira (19). Em um jogo nervoso, pegado, com direito a duelo particular entre armadores e discussões dos dois lados, a franquia da casa venceu o Portland Trail Blazers pelo placar de 120 a 108, diminuindo a série para 2 a 1 pelos playoffs da NBA.

Apesar do primeiro tempo ruim, com diversos erros de ambos os times, o confronto melhorou bastante no quesito qualidade técnica após o intervalo e foi muito “quente”. Rivais, Russell Westbrook e Damian Lillard trocaram farpas durante todo o tempo, o que acabou motivando os astros, que protagonizaram um show particular.

Lillard foi o grande protagonista de Portland com 32 pontos, sendo incríveis 25 apenas no terceiro período, além de seis assistências. O último jogador com mais de 25 tentos em uma parcial de playoffs da NBA foi Allen Iverson (26), em 1 de junho de 2001. Só que do outro lado, Westbrook decidiu a partida no último quarto e levou a melhor nos números individuais também, nesta noite. O armador fez 33 pontos, teve 60% de aproveitamento nos arremessos do perímetro (FG 4/6) e distribuiu 11 assistências.

Paul George (22 pontos, seis rebotes e seis assistências), Jerami Grant (18 pontos FG3 4/5) e Dennis Schroder (17 pontos, seis assistências e cinco rebotes), foram os outros jogadores que ajudaram bastante OKC.

Além de Lillard, os Blazers contaram com ótimas performances de CJ McCollum (21 pontos, sete rebotes e sete assistências) e do pivô turco Enes Kanter (19 tentos).

O JOGO

Com o público de pé na Chesapeake Energy Arena e apoiando bastante, o Oklahoma City Thunder entrou no primeiro quarto disposto a ganhar a sua primeira partida na série.

O início foi até promissor, porém não durou muito tempo e o time da casa foi errando em demasia, principalmente, com a fraca pontaria de Russell Westbrook (FG 1/5 nos primeiros cinco minutos). Do outro lado, o Portland Trail Blazers conseguiu equilibrar as ações, mesmo não sendo brilhante, se manteve sempre próximo no placar e no fim, foi mais efetivo, vencendo o período por 22 a 21, com a pontuação bem dividida pelo quinteto titular.

Westbrook supera Lillard, Thunder dá o troco e vence os BlazersO segundo quarto continuou extremamente parelho, tenso, amarrado e cheio de erros, com as equipes não deslanchando em quadra. Só no final do período, OKC aproveitou um pouco melhor as chances ofensivas, conseguiu uma boa corrida de 10 a 1 e foi para o vestiário liderando por 49 a 39. Destaques negativos para o placar baixo e o grande número de erros, com 14 para os visitantes e 10 para os mandantes, totalizando 24. Nenhum jogador dos Blazers ultrapassou a marca de dois dígitos em pontos e pelo Thunder só Westbrook (11 pontos), além de Paul George (10 tentos) conseguiram esse feito, caracterizando os fracos desempenhos no primeiro tempo.

No retorno, a partida pegou “fogo”. Os anfitriões mostraram que não estavam para brincadeira em dois lances na sequência, logo no início do terceiro quarto. O primeiro momento foi na jogada de 4 pontos de Paul George, após falta no ato do arremesso e o segundo no toco desmoralizante de Russell Westbrook no seu desafeto Damian Lillard. A partir disso, parecia que o Thunder ficaria mais tranquilo no confronto, com 16 pontos de frente. Só que, os Blazers não estavam entregues, muito menos Lillard e em seguida, já encurtaram a vantagem para 6. Em um período de excelente intensidade e qualidade, Oklahoma City finalizou na dianteira (86 a 82), mas quem brilhou, realmente, foi o armador de Portland, que anotou incríveis 25 pontos (FG 8-11) na parcial, colocando os visitantes de volta na briga.

No quarto derradeiro, o duelo continuou parelho até a segunda metade e foi, neste momento, que as bolas de 3 pontos dos coadjuvantes e Westbrook apareceram. O armador do Thunder fez de tudo, chamou a responsabilidade, cresceu em produção ofensiva nos últimos minutos, ultrapassou a barreira dos 30 pontos e ainda trocou provocações com Lillard. Com isso, o Portland Trail Blazers não conseguiu reagir, o fator casa fez diferença, mais uma vez, na série e vitória do Oklahoma City Thunder pelo placar de 120 a 108.

Neste domingo (21), às 22h30 (horário de Brasília), os times se enfrentarão novamente na Chesapeake Energy Arena, em Oklahoma City.

A SÉRIE: Portland Trail Blazers (#3) 2-1 Oklahoma City Thunder (#6)

JOGO 1: 14/4, Thunder 99 @ 104 Blazers – em Portland
JOGO 2: 16/4, Thunder 94 @ 114 Blazers – em Portland
JOGO 3: 19/4, Blazers 108 @ 120 Thunder – em Oklahoma City
JOGO 4: 21/4, 22h30 – Blazers @ Thunder – em Oklahoma City (transmissão do SPORTV 2)
JOGO 5: 23/4, (horário a definir) – Thunder @ Blazers – em Portland*
JOGO 6: 25/4, (horário a definir) – Blazers @ Thunder – em Oklahoma City*
JOGO 7: 27/4, (horário a definir) – Thunder @ Blazers – em Portland*

*Jogos só acontecem se necessário.
Obs.: Todos os horários são de Brasília

Fotos: Divulgação Twitter / NBA

Oddsshark