06/04/2019 - 00h33

Thunder vence Pistons em noite histórica de Westbrook

Armador se junta a Oscar Robertson com terceira temporada consecutiva com triplo-duplo de média

Thunder vence Pistons em atuação histórica de WestbrookO Oklahoma City Thunder derrotou o Detroit Pistons nesta sexta-feira (5) pelo placar de 123 a 110 na Chesapeake Energy Arena. O armador Russell Westbrook se igualou a Oscar Robertson e são os únicos jogadores a terem três temporadas seguidas com médias de triplo-duplo na história da NBA.

O destaque da partida foi Westbrook, que anotou 19 pontos, oito rebotes e 15 assistências em cerca de 35 minutos em quadra. Paul George teve bela atuação com 30 pontos, oito rebotes e dois roubos de bola, enquanto Dennis Schroder veio bem do banco com 14 pontos, sete rebotes e 10 assistências.

Pelos Pistons, Blake Griffin teve excelente participação no ataque com 45 pontos, sete rebotes e nove bolas de três pontos convertidas, enquanto Ish Smith (12 pontos e quatro assistências) e Lagston Galloway (11 pontos) contribuíram na pontuação junto com o número 23 da equipe.

Os jogadores de Billy Donovan foram melhores no aproveitamento de arremessos (47,5% contra 43,2%), no aproveitamento de arremessos de três pontos (41,4% contra 36,6%), em assistências (30 contra 20), em rebotes ofensivos (21 contra quatro) e em rebotes defensivos (38 contra 28). Os comandados de Dwane Casey se saíram na frente no aproveitamento de lances livres (80,6% contra 68,2%), em tocos (oito contra quatro), em turnovers (14 contra 17) e em pontos anotados em turnovers (22 contra 19). As equipes tiveram o mesmo número de roubos de bola (10).

O JOGO

O primeiro quarto começou com um leve domínio do Thunder, que abriu ligeira vantagem em pouco tempo de partida. Westbrook conseguiu fazer sua terceira assistência no jogo depois de Jerami Grant finalizar a jogada com uma bandeja, chegando à média de triplo-duplo pela terceira temporada seguida. Mas logo em seguida, a estrela de Blake Griffin começou a brilhar e o ala-pivô dos Pistons começou a ter uma grande atuação, fechando a primeira parcial com 17 pontos. Markieff Morris conseguiu converter o arremesso final, e viu sua equipe atrás do placar depois dos primeiros 12 minutos de partida por 34 a 30.

No segundo quarto, a partida começou a ficar equilibrada. Ao todo, foram cinco oportunidades que o placar ficou empatado e ocorreram 11 trocas de liderança, sendo seis do Thunder e cinco dos Pistons. Griffin continuou com o ritmo forte no ataque ao anotar mais 14 pontos. A cesta final do período veio das mãos do número 23 da equipe visitante após converter um arremesso de três pontos para ter a maior pontuação da carreira nos primeiros dois quartos, indo para os vestiários vencendo a partida por 66 a 65, mas perdendo a parcial por 35 a 32.

Na volta dos vestiários, o Thunder recuperou rapidamente a liderança e começou a liderar o placar por boa parte do quarto. Os mandantes ficaram apenas duas vezes na desvantagem e cinco vezes empatados com os Pistons graças a mais 13 pontos de Griffin. Paul George arriscou o arremesso final do quarto depois de Ish Smith acertar dois lances livres, mas não conseguiu converter a tentativa no perímetro. Mesmo assim, a equipe da casa ficava na frente por 97 a 96 (32 a 30 no quarto).

No último quarto, o domínio do Thunder em cima dos Pistons acabou ficando muito evidente, uma vez que a equipe de Oklahoma liderou todos os 12 minutos finais do jogo. A estrela de Griffin apagou no último período, conseguindo converter apenas um lance livre depois de tentar cinco arremessos e errar todos. Com o resultado certo, Billy Donovan e Dwane Casey decidiram colocar os reservas em quadra, esperando o cronômetro zerar para decretar a vitória dos mandantes por 123 a 110 (26 a 14 no quarto).

Com a vitória, o Oklahoma City Thunder conquistou a 46ª na temporada e continua na sétima posição da Conferência Oeste com 58,2% de aproveitamento. O Detroit Pistons sofreu o 40º revés no campeonato, mas se mantêm na oitava posição do Leste com 49,4% de aproveitamento e estando a um jogo na frente do nono colocado e concorrente direto pelas últimas vagas para a pós-temporada, Miami Heat (48,1%).

O próximo compromisso do Thunder será neste domingo (7) às 16h30 contra o Minnesota Timberwolves no Target Center, em Minnesota, com direito a transmissão para o Brasil pela ESPN. Meia hora depois (17h), os Pistons recebem o Charlotte Hornets na Little Caesars Arena, em Detroit.

Foto: Reprodução Twitter/NBA

Oddsshark