22/05/2020 - 15h54

Scottie Pippen não gostou da maneira que Michael Jordan falou dele em ‘The Last Dance’

O jogador que também é ídolo dos Bulls ficou chateado com a maneira que Michael se referiu a ele em algumas situações

3 May 1998: Michael Jordan #23 bumps Scottie Pippen #33 of the Chicago Bulls during the NBA Playoffs round 1 game against the Charlotte Hornets at the United Center in Chicago, Illinois. The Bulls defeated the Hornets 83-70.‘The Last Dance’ foi um sucesso. A Netflix e a ESPN acertaram em cheio e a série atraiu espectadores em todas as partes do mundo. Porém, houve algumas pessoas que não gostaram do documentário como um todo. E uma delas se trata de Scottie Pippen. O principal parceiro de Michael Jordan não gostou da maneira como foi retratada sua lesão no início da temporada de 1997-98.

David Kaplan, jornalista da ESPN americana, informou no programa de rádio da emissora que Pippen não fala com Jordan desde a exibição do primeiro capítulo da série, em 19 de abril. Ele aparenta estar “furioso” com o ex-companheiro. “Ele (Scottie Pippen) acredita que até os últimos minutos do jogo 6 contra o Jazz em 1998, a série só batia nele”, afirmou David.

A polêmica acontece pela maneira que foi retratado o começo daquela temporada. Scottie operou o tornozelo em outubro de 1997, perto do começo dos jogos. Ele fez isso para provar que valia mais do que o contrato que tinha em vigência na época. E os comentários de Jordan na série sobre esse episódio o chatearam. “Eu acredito que Scottie estava sendo egoísta”, é a frase que Michael usa para descrever a situação.

Porém, teve quem defendeu o lado de Pippen. O também membro daquele time, Dennis Rodman. O ala-pivô, que é considerado um dos melhores reboteiros e defensores da história da NBA, diz que Scottie deve ser lembrado como um dos três melhores jogadores de todos os tempos e que ele merecia um contrato maior.

“Pippen era subestimado e mal pago. Ele deveria sair desse documentário com a cabeça mais erguida do que Michael Jordan. Agora as pessoas estão vendo o que ele passou. Ele foi um herói de diversas maneiras durante nossos anos de glória”, destacou Rodman em entrevista à ESPN.

Colocar Scottie Pippen entre os três melhores da história pode ser um exagero. Mas ignorar a importância que ele tinha dentro daquele elenco em comparação com seu salário é algo que não se podia fazer. Além de todos os problemas entre atletas e direção dos Bulls, esse também pode ser considerado como um dos pontos que fizeram com que aquele time se desfizesse no após o sexto título.

(Foto: Jonathan Daniel / Freelancer / Getty Images)

The Playoffs · The Last Dance, Jordan e a NBA nos anos 90 – USA NA REDE #194

Oddsshark