15/08/2018 - 10h50

Para Paul Pierce, saída de Kyrie Irving dos Celtics não seria surpresa: ‘não há mais lealdade’

Ídolo do Boston Celtics não ficaria surpreso caso o armador opte por trocar de time na próxima free agency

A free agency da NBA se transformou em uma intensa “dança da cadeira” nos últimos anos. Desde a saída de Kevin Durant do Oklahoma City Thunder para o Golden State Warriors em 2016, parece que as equipes vêm encontrando uma maior dificuldade em segurar seus jogadores. De lá pra cá, vimos diversas mudanças envolvendo all-stars. Paul George, Chris Paul, Gordon Hayward, Kawhi Leonard, LeBron James, DeMarcus Cousins… – no caso das trocas, todas elas foram “forçadas” pelos jogadores, e todos em último ano de contrato. Essa mudança de comportamento dos jogadores incomoda muito ao ex-jogador Paul Pierce, que não ficaria surpreso com uma possível saída de Kyrie Irving do Boston Celtics no próximo ano.

“Sabe de uma coisa? É difícil decifrar os jogadores hoje em dia. Há tantas mudanças sendo feitas”, disse Pierce ao repórter Brian Robbs, do Boston Sports Journal. “Quem esperaria que Kevin Durant fosse para os Warriors?  Cousins para os Warriors? LeBron para Miami há alguns anos? Os jogadores estão apenas mostrando que têm o controle e o poder de fazer o que querem”, detonou o ídolo celta.

Após ser trocado por Cleveland no ano passado, Kyrie ainda tem mais um ano de contrato com os Celtics. Apesar de parecer improvável que uma estrela como Irving prefira deixar para trás uma equipe competitiva e repleta de jovens para se juntar a uma equipe em reconstrução, os rumores existem. Entre os indicados a investir no armador na free agency do ano que vem, estão o New York Knicks e o Brooklyn Nets. Apesar das notícias serem apenas boatos, já foi o suficiente para deixar um certo incômodo em Paul Pierce.

Das 19 temporadas como profissional, “The Truth” defendeu a camisa dos Celtics por 15 anos, até ser enviado para os Nets em 2013. Considerado por muitos como o maior ídolo celta desde Larry Bird, Pierce alega que os jogadores estejam com muito poder, e que a consideração com uma franquia e sua torcida muitas vezes são deixados de lado.

“Não há mais lealdade a uma franquia. Você não verá um jogador em uma franquia por 10 ou 15 anos. Essa é a geração em que vivemos. Você tem que se preparar para isso. Os caras querem jogar com certas equipes, eles querem jogar com certos jogadores que eles conhecem, seus amigos. Eles estão mostrando que eles têm o poder”, completou.

(Foto: Maddie Meyer/Getty Images)

Pierce: Para sonhar com um título em 2019, Boston ‘terá que se sacrificar’

paul pierce quer se aposentar pelo Boston Celtics

O ex-jogador não se limitou a falar apenas de Kyrie Irving nesta terça-feira (14). Paul Pierce também deu sua opinião sobre as chances de título do Boston Celtics na temporada 2018-2019. Se a equipe tiver alguma ambição de ser campeão, terá que aprender a se sacrificar.

“Quando você tem esse tipo de talento, eles terão que aprender a se sacrificar”, disse Pierce, de acordo com Mark Dunphy, da Boston.com. “Nem todo mundo conseguirá realizar as metas individuais que deseja alcançar, mas o objetivo maior da equipe deve ser o que importa”, completou.

Após as lesões de Hayward e Irving, o núcleo jovem do time teve que chamar a responsabilidade. Jayson Tatum, novato selecionado com a terceira escolha do Draft do ano passado, Jaylen Brown e Terry Rozier (junto com a experiência de Al Horford) foram os responsáveis por levar o Boston Celtics até as finais da Conferência Leste.

Agora com o retorno das estrelas, Brad Stevens terá uma boa dor de cabeça na hora de montar a rotação da equipe. Para jogadores jovens e competitivos, perder alguns minutos de jogo pode parecer um pesadelo. Mas é aí que cada um deverá aprender a se sacrificar por um bem maior, assim como Paul Pierce disse.

Ainda sobre Kyrie, e seu futuro em Boston, o ídolo celta finalizou: “Kyrie é um competidor. Ele venceu um campeonato. Ele sabe que se ele vencere novamente, ele conseguirá o contrato que quiser. Ele é um talento extraordinário e sabe que vencer significa tudo. Se você vencer, todos ganham”.

(Foto: Reprodução Twitter / Paul Pierce)

Oddsshark