26/03/2020 - 17h39

Novo presidente dos Knicks está ‘impressionado’ com HC interino Mike Miller

Leon Rose acabou de chegar nos Knicks e se disse impressionado com o trabalho de Miller

Apesar da pausa na NBA, o New York Knicks está trabalhando pensando no seu futuro. O novo presidente de operações da franquia, Leon Rose, assumiu o cargo no começo de março e avalia opções boas para o futuro. E, pelo menos na visão dele, Mike Miller é uma das partes positivas da equipe. O trabalho do treinador interino chama a atenção de Rose,  que quer a permanência de Miller no time.

Para a próxima temporada, ele provavelmente não permanecerá como head coach dos Knicks. Porém, de acordo com Ian Bagley, da SNY, o trabalho de Miller chamou tanta atenção que a permanência dele na comissão técnica é bastante provável.

O favorito para o cargo já foi decidido internamente. Trata-se de Tom Thibodeau, ex-treinador do Chicago Bulls e do Minnesota Timberwolves. Leon Rose acredita que Thibodeau é o cara ideal para levar os Knicks de volta ao sucesso.

Desde a mudança de técnico, que ocorreu em dezembro, o time de Nova York possui uma campanha de 17 vitorias e 27 derrotas. Números muito melhores do que os apresentados no começo da temporada. 

Essa é a primeira experiência de Miller com uma equipe da NBA. Antes, ele só havia passado pelo College e pela G League. Foram 13 anos no basquete universitário, entre Texas State e Eastern Illinois, além de mais quatro na liga de desenvolvimento, no Westchester Knicks. Em 2018, inclusive, ele foi eleito treinador do ano na G League.

“Se eu continuar a ajudar estes caras e eles continuarem evoluindo, meu trabalho e o da comissão técnica está feito. Estou preocupado em trazer valor para estes caras e ajudá-los. Parece simples, mas fiz isso durante meu tempo na liga de desenvolvimento e me sentia bem depois de toda temporada. Então essa é minha direção”, afirmou Miller, em entrevista concedida no final de fevereiro. 

Foto: Reprodução Twitter/New York Knicks

Oddsshark