10/02/2020 - 01h02

No estouro do cronômetro, Bogdanovic faz cesta ‘mágica’ e Jazz bate Rockets

Em grande jogo, Utah supera dupla estrelada de Houston, vence no Texas e segura a quarta posição do Oeste

No estouro do cronômetro, Bogdanovic faz cesta ‘mágica’ e Jazz bate RocketsEm grande confronto valendo a quarta colocação da Conferência Oeste, o Utah Jazz (34-18) visitou o Houston Rockets (33-20) no ginásio Toyota Center, neste domingo (9), e com uma bola de três pontos “mágica” de Bojan Bogdanovic no estouro do cronômetro, bateu o rival por 114 a 113 e a grande performance da dupla Russell Westbrook e James Harden.

Apesar de decidir a partida, o croata não teve boa atuação nesta noite e terminou com apenas oito pontos. Os principais cestinhas pelo Utah foram o reserva Jordan Clarkson, que guiou o ataque da equipe em vários momentos (30 pontos e seis rebotes), Donovan Mitchell (24 pontos, seis assistências e cinco rebotes), Mike Conley (20 pontos, seis assistências e cinco rebotes) e Rudy Gobert com duplo-duplo de (12 pontos e 15 rebotes).

Do lado dos Rockets, frustração total e destaque para o armador Russell Westbrook, que fechou a sua apresentação com 39 pontos, seis rebotes e quatro assistências, além de James Harden com triplo-duplo de 28 pontos, 10 rebotes e 10 assistências.

O JOGO

O duelo entre Houston Rockets e Utah Jazz começou equilibrado no Texas. Com alternâncias, as equipes se revezaram na ponta do placar nos primeiros minutos de jogo. Entretanto, guiado pelo dominante Russell Westbrook com 17 pontos e grande destaque individual disparado, a franquia da casa fechou o primeiro quarto na liderança por 33 a 25.

Melhor time da NBA no aproveitamento de três pontos, o Jazz forçava essa jogada e não deixava os Rockets escaparem no placar. Porém no segundo quarto, Houston permaneceu controlando a ponta do marcador o período inteiro, indo para o intervalo vencendo por quatro pontos de diferença (58 a 54), apesar da reação de Utah no fim. Grande destaque, Westbrook fechou o primeiro tempo com 21 tentos e ótimo aproveitamento nos arremessos (58,8%).

Na volta para o terceiro quarto, o panorama do encontro não mudou muito e os Rockets seguiram ditando o ritmo, sob comando da dupla Westbrook e Harden, mesmo com o Jazz sempre próximo no marcador. Principalmente, com o reserva Jordan Clarkson soberano ofensivamente. Com isso, tudo aberto para a última parcial (83 a 81).

No quarto derradeiro, Utah assumiu a liderança do placar logo nos instantes iniciais, depois de muito tempo, e “obrigou” o técnico Mike D’Antoni a colocar Harden de volta à quadra, mesmo pendurado com faltas. Mas a alteração não surtiu o efeito esperado e a partida, que valia a quarta posição da Conferência Oeste, ficou totalmente indefinida e insana até os últimos segundos.

Restando apenas 1,6 segundo para o término do confronto e perdendo de dois tentos, PJ Tucker acertou um belíssimo arremesso de três pontos para virar o marcador para Houston e, “praticamente”, dar a vitória para os donos da casa (113 a 111). Só que no basquete tudo é possível e um pouco mais de 1 segundo é uma eternidade. No último lance, Bogdanovic, que não vinha fazendo grande atuação, recebeu passe de Joe Ingles da lateral, lançou a bola marcado por dois marcadores e literalmente no estouro do cronômetro, anotou três tentos mágicos, dando o triunfo improvável para o Jazz por 114 a 113. Grande emoção e frustração para os torcedores presentes no ginásio Toyota Center.

Próximos jogos

Na sequência da competição, o Utah Jazz pegará um back-to-back pela frente e já nesta segunda-feira (10), voltará à quadra contra o Dallas Mavericks fora de casa novamente. Já o Houston Rockets permanecerá no Texas e enfrentará o Boston Celtics, nesta terça-feira (11).

Confira a programação dos jogos que acontecem nesta segunda-feira (10):

Charlotte Hornets @ Detroit Pistons
Brooklyn Nets @ Indiana Pacers
Atlanta Hawks @ Orlando Magic
Minnesota Timberwolves @ Toronto Raptors
Sacramento Kings @ Milwaukee Bucks
Utah Jazz @ Dallas Mavericks
San Antonio Spurs @ Denver Nuggets
Miami Heat @ Golden State Warriors
Phoenix Suns @ Los Angeles Lakers

Foto: Divulgação Twitter / NBA

Oddsshark