09/11/2019 - 10h55

Nets vencem Blazers frente a 60 pontos de Damian Lillard

Lillard bate recorde de pontos pessoal e da franquia, mas não evita derrota dos Blazers para os Nets

Lillard tem 60 pontos, mas não evita derrota dos BlazersEm uma noite extraordinária de Damian Lillard, que bateu seu recorde pessoal de pontos e o recorde da franquia com 60 pontos, o Portland Trail Blazers, em casa, não conseguiu vencer o Brooklyn Nets nesta sexta-feira (08) e amargou sua sexta derrota na temporada. O revés por 119 a 115 marcou a terceira derrota em três jogos em casa nesta temporada e este começo em seus domínios é o pior de sua história desde 1971/1972, segunda temporada da franquia.

Lillard teve 60 pontos em 19/33 arremessos de quadra certeiros, sendo 7/16 nas bolas de três, e 15/15 nos lances livres. O armador, jogador que tem mais pontos em quartos períodos nesta temporada, teve 26 pontos no primeiro tempo e fechou o jogo com 34 pontos na segunda metade. Os 60 pontos de Dame ultrapassaram os 59 que o armador já tinha como melhor marca pessoal e da história da franquia, do dia 08 de abril de 2017, em partida contra o Utah Jazz.

Pelos Nets, Kyrie Irving e Spencer Dinwiddie combinaram para 67 pontos, sendo 33 para Irving e 34 para Dinwiddie, vindo do banco. O armador reserva esteve certeiro na partida e precisou de 35 minutos para converter 11/18 arremessos de quadra, sendo 6/10 nas bolas de três. Além dos dois, somente Joe Harris e Jarrett Allen tiveram mais de 10 pontos, com 14 e 12 pontos, respectivamente.

Irving lidera vitória dos Nets sobre os Blazers

Principal cestinha dos Blazers atrás de Lillard nos últimos anos, C.J. McCollum está em meio a um início de temporada conturbado, com aproveitamentos de 38% nos arremessos de quadra e 32% nas bolas de fora até aqui. Contra os Nets, o ala-armador teve 8 pontos com pífios 4/19 nos arremessos de quadra, depois de ter errado 14 de seus primeiros 16 arremessos de quadra. O segundo maior pontuador dos Blazers na partida foi o armador reserva Anfernee Simons, com 15. Hassan Whiteside contribuiu com 10 pontos e 15 rebotes.

Depois de terem perdido Zach Collins, que não atuará por alguns meses, depois de cirurgia no ombro, Rodney Hood (dores nas costas) e Skal Labissiere (torção no tornozelo direito) saíram no meio do jogo e não retornaram, não possuindo status atualizados sobre suas condições. Além dos três, Jusuf Nurkic e Pau Gasol também estão de molho, o que possibilitou a estreia do calouro Nassir Little, que terminou com dois pontos e um toco.

Atrás do placar na maior parte da partida, os Blazers retomaram a frente e abriram cinco pontos de vantagem (103 a 98) a 5:45 para o fim da partida, com uma enterrada de Little. Em seguida, com dois pontos de Dinwiddie e duas bolas de três consecutivas de Harris, os Nets fizeram 8-0 (106 a 103) e não perderam mais a liderança.

Os Nets visitam o Phoenix Suns neste domingo (10), enquanto que os Blazers recebem o Atlanta Hawks no mesmo dia.

(Foto 1: Reprodução Twitter / Portland Trail Blazers; Foto 2: Reprodução Twitter / NBA)

Oddsshark