28/02/2019 - 11h39

Na prorrogação, Milwaukee Bucks vence Sacramento Kings sem contar com astros

Com Antetokounmpo e Middleton no banco, Bledsoe e Brogdon decidem no tempo extra

Melhor time da NBA até o momento, o Milwaukee Bucks sofreu, mas conseguiu derrotar o Sacramento Kings fora de casa na noite desta quarta-feira (27) por 141 a 140. Em jogo que só foi decidido na prorrogação, os visitantes contaram com bom rendimento de Eric Bledsoe e Malcolm Brogdon para concretizar o triunfo já que seus dois all-stars estavam poupados.

O técnico dos Bucks, Mike Budenholzer, teve certos problemas para a parcial extra já que Giannis Antetokounmpo e Khris Middleton foram poupados por problemas físicos. Mas, o treinador logo se animou ao descobrir que poderia contar com outros dois atletas de Milwaukee para assumir a responsabilidade na hora que o time mais precisou. Bledose, por exemplo, anotou cinco dos 15 pontos da equipe na prorrogação, enquanto Brogdon acertou um chute longo decisivo para o resultado final.

“Isso nos constrói muita confiança”, disse Budenholzer sobre a atuação dos ‘coadjuvantes’. “Todo ano nós temos conversado sobre diferentes caras que podem ir lá e criar jogadas. Para Malcolm [Brogdon] acertar o arremesso, para Bled [Eric Bledsoe] fazer as jogadas que ele fez, é um bom sinal para nós seguirmos em frente”, completou.

Com a conquista, a sexta consecutiva, o Milwaukee Bucks continua firme e forte com a melhor campanha da NBA com 47 vitórias e 14 derrotas. A marca é a melhor da história da franquia desde a campanha de 52-30 alcançada na temporada 2000/2001. Vencer e ainda ter seus dois all-stars no banco de reservas por um bom tempo valoriza ainda mais o triunfo sobre os californianos.

Giannis Antetokounmpo atuou por aproximadamente 25 minutos, tendo feito um par de cestas decisivas para os Bucks no último quarto. No entanto, passou boa parte da prorrogação com uma toalha cinza amarrada em seus ombros no que foi o seu primeiro jogo de volta depois de dores no joelho direito. O grego ainda foi à quadra quando restavam apenas 11,8 segundos para o estouro final e contribuiu com alguns passes em profundidade, mas acabou não pontuando.

“Ele se sente bem”, esclareceu Mike Budenholzer. “Isso não é somente sobre a dor que ele sente ou sobre como ele está se sentindo hoje. É sobre como nós o teremos saudável, como teremos ele inteiro, como teremos ele se sentindo bem adiante. Às vezes você apenas tem que ‘colocar um pouco de dinheiro no banco’”. Khris Middleton também se juntou a Antetokounmpo para se recuperar um pouco no banco de reservas.

No Milwaukee Bucks, Eric Bledose terminou como cestinha com 26 pontos, 13 assistências e 12 rebotes. Malcolm Brogdon terminou a noite com 25 pontos e cinco rebotes, enquanto Khris Middleton e Nikola Mirotic anotaram 21 pontos cada, com sete rebotes e seis assistências, e oito rebotes, respectivamente. Giannis Antetokounmpo finalizou sua participação com 17 pontos e sete rebotes.

Com a derrota, o Sacramento Kings se complicou um pouco mais na Conferência Oeste. Afinal, viu o San Antonio Spurs subir na classificação após vencer o Detroit Pistons, e também o Los Angeles Lakers, seu outro concorrente direto por uma vaga nos playoffs, derrotar o New Orleans Pelicans. A franquia da capital da Califórnia atualmente ocupa a 9ª posição com 31 vitória e 30 derrotas.

Mas, é justo dizer que se houvesse mais alguns segundos no relógio, os Kings poderiam ter saído com o resultado positivo. Bogdan Bogdanovic converteu uma bola de três pontos no estouro do cronômetro deixando apenas um ponto de diferença entre as equipes no resultado final. O sérvio terminou a partida com 28 pontos (5-8 3pts), oito rebotes e oito assistências.

O cestinha da equipe foi Buddy Hield, que terminou o duelo com 32 pontos, seis rebotes, três assistências e três roubos de bola. Vindo do banco, Harry Giles anotou 18 pontos e sete rebotes em 17 minutos, enquanto De’Aaron Fox participou com 17 pontos, nove assistências e seis rebotes. Harrison Barnes contribuiu com 15 pontos e 14 rebotes, enquanto Willie Cauley-Stein fechou a noite com dez pontos e nove rebotes.

Além da evidente preocupação da classificação para os playoffs, o técnico Dave Joerger tem mais uma dor de cabeça para enfrentar. O calouro Marvin Bagley III deixou a quadra com uma lesão no joelho esquerdo após colidir com Malcolm Brogdon durante um corta-luz. A segunda escolha geral no último Draft ficou deitado na quadra por vários momentos antes de ser ajudado a ficar de pé e levado para o vestiário. Ainda não há maiores informações sobre a gravidade da sua contusão.

Confira os resultados da rodada da noite desta quarta-feira (27) da NBA:

Houston Rockets 118 @ 113 Charlotte Hornets
Minnesota Timberwolves 123 @ 131 Atlanta Hawks (OT)
Washington Wizards 125 @ 116 Brooklyn Nets
Golden State Warriors 125 @ 126 Miami Heat
Chicago Bulls 109 @ 107 Memphis Grizzlies
Portland Trail Blazers 97 @ 92 Boston Celtics
Detroit Pistons 93 @ 105 San Antonio Spurs
Indiana Pacers 101 @ 110 Dallas Mavericks
LA Clippers 105 @ 111 Utah Jazz
Milwaukee Bucks 141 @ 140 Sacramento Kings (OT)
New Orleans Pelicans 119 @ 125 Los Angeles Lakers

Veja quais são os jogos que acontecem nesta quinta-feira (28):

Minnesota Timberwolves @ Indiana Pacers
Golden State Warriors @ Orlando Magic
Cleveland Cavaliers @ New York Knicks
Miami Heat @ Houston Rockets
Philadelphia 76ers @ Oklahoma City Thunder
Utah Jazz @ Denver Nuggets

Crédito da foto: Reprodução/NBA Twitter (@NBA)

Oddsshark