02/04/2020 - 16h36

LaMelo Ball e empresário compram time australiano da NBL

O jovem armador se encantou com a comunidade local e decidiu ser dono do Illawarra Hawks

AUCKLAND, NEW ZEALAND - NOVEMBER 30: LaMelo Ball of the Hawks in action during the round 9 NBL match between the New Zealand Breakers and the Illawarra Hawks at Spark Arena on November 30, 2019 in Auckland, New ZealandSe preparando para participar do próximo Draft da NBA e cotado para estar entre as primeiras escolhas, LaMelo Ball, de apenas 18 anos, fez um aquisição um tanto quanto peculiar. O membro mais jovem da familial Ball anunciou que comprou, juntamente com seu empresário Jermaine Jackson, a equipe australiana Illawarra Hawks, da NBL, time no qual jogou o armador durante a última temporada. A notícia foi dada por Jackson à ESPN americana nesta quinta-feira (02).

“Nós compramos o time”, disse Jackson. “O acordo está fechado.” Nenhum detalhe financeiro foi revelado e a equipe ainda não comentou a venda.

Ball chegou à Austrália em agosto de 2019 como parte do programa Next Stars da liga e se estabeleceu como um forte candidato a ser uma das primeiras escolhas no Draft da NBA em 2020. O armador de dois metros de altura teve médias de 17,0 pontos, 7,5 rebotes e 7,0 assistências em 12 jogos com os Hawks, conseguindo inclusive dois triple-doubles seguidos antes de uma lesão no pé acabar com sua temporada.

Ele está automaticamente qualificado para o Draft de 2020, de acordo com as regras da NBA, e é o prospecto que ocupa a segunda posição no ranking da ESPN americana da classe.

Ball aproveitou tanto o tempo que passou na Austrália que decidiu fazer do país parte de seu futuro a longo prazo, principalmente quando questões financeiras ameaçavam a equipe.

“Melo ama os fãs de Illawarra”, disse Jackson à ESPN. “Ele ama essa comunidade. Eles abriram os braços para ele. Eles nos fizeram sentir como se estivéssemos em casa. Quando começamos a ouvir sobre os problemas que estavam passando, conversamos sobre isso e decidimos: ‘Vamos ser donos da equipe’. Ele estará ocupado com a sua carreira na NBA, mas contrataremos as pessoas certas para supervisionar tudo. Ele quer criar o melhor programa de basquete possível para a comunidade local”.

Jackson, que passou cinco temporadas na NBA, juntamente com passagens pela Itália, Espanha, Grécia e outros lugares, disse esperar que haja um interesse significativo da próxima geração de estrelas americanas em possivelmente seguir os mesmos passos de Ball.

“Quando as crianças do ensino médio souberem que LaMelo é dono da equipe, elas vão querer vir”, disse Jackson. “Eles terão certeza de bons cuidados. Vamos colocar a organização a todo vapor, transformando-a em um programa onde os caras querem jogar. Estou em contato com vários ex-GMs da NBA que querem ir para lá para ajudar e também com treinadores de alto nível que venceram todos os campeonatos que você possa imaginar. ”

LaMelo Ball, que está em Chino Hills, Califórnia, se preparando para o dia do Draft com seus irmãos Lonzo (New Orleans Pelicans) e LiAngelo, espera usar a aquisição como uma ponte para se conectar com seus muitos jovens fãs que o apoiaram em seu tempo na Austrália e para retribuir a comunidade de basquete local, disse Jackson. Ball doou anteriormente um mês de seu salário às vítimas do incêndio de proporções históricas que aconteceu naquele país.

“Foi assim que ele foi criado por sua família. As pessoas têm uma percepção de seu pai (LaVar Ball), mas ele tem um coração de ouro e isso passa para seus filhos. Seu pai não o levou por uma rota tradicional. Ele começou com sua própria marca de tênis, a Big Baller Brand. Nós sempre conversamos sobre ser donos de algo. Melo quer que os jovens pensem grande, especialmente em tempos como esse”, concluiu Jackson.

(Foto: Anthony Au-Yeung/Getty Images)

Oddsshark