23/04/2020 - 18h04

Kendrick Perkins afirma que se estivesse no Thunder em 2016, teria batido Warriors

Na ocasião, Warriors viraram pra cima do Thunder após estarem perdendo por 3 a 1

Kendrick Perkins retorna aos CavaliersO pivô Kendrick Perkins, que jogou pela última vez na NBA no Cleveland Cavaliers, afirmou que se ainda jogasse no Oklahoma City Thunder em 2016, o time não teria tomado a virada do Golden State Warriors nas finais de conferência daquele ano.

A frase em questão surgiu durante conversa com o repórter Joe Vardon, do The Athletic, nesta quinta-feira (23).

“Se eu estivesse em Oklahoma City, não teríamos perdido a liderança por 3-1″, disse. “Não havia nenhuma maneira disso acontecer. Não falo nem de mim em quadra. Estou dizendo que apenas minha presença no vestiário teria mudado o resultado do confronto”, completou.

Perkins chegou ao Thunder em 2011 e permaneceu três temporadas na equipe, antes de ser negociado com o Utah Jazz em fevereiro de 2015. O duelo citado pelo pivô, em 2016, ficou marcado na memória dos torcedores de ambas as equipes. Na ocasião, comandados pela dupla Kevin Durant e Russell Westbrook, OKC chegou a abrir 3 a 1 sobre o badalado Golden State de Stephen Curry e Klay Thompson, mas permitiu que o rival virasse o confronto melhor de sete e disputasse as finais contra o Cleveland Cavaliers.

Muito polêmico, o pivô foi grande amigo de Durant enquanto ambos jogavam juntos pelo Thunder, porém, devido a divergências em redes sociais, a relação entre os dois ficou estremecida. Perkins inclusive chegou a twittar um pedido de desculpas direcionado ao ex-companheiro em janeiro deste ano.

PARA RELEMBRAR

Em 2016 os Warriors vinham embalados pelo título conquistado sobre os Cavs de LeBron James na temporada anterior. Com uma temporada regular fantástica conquistando 73 vitórias e sofrendo apenas 9 derrotas, Golden State chegou aos playoffs como grande favorito.

As finais de conferência do Oeste foram disputadas contra OKC de um Kevin Durant que estava brilhando. No primeiro jogo vitória do Thunder, fora de casa, por 108 a 102.

O segundo confronto foi dominado pelos Warriors, que venceram por 118 a 91. Já no terceiro e no quarto duelo, dois passeios de Oklahoma: 133 a 105 e 118 a 94. Tudo levava a crer que Golden State ficaria pelo caminho e que Kevin Durant mediria forças contra LeBron James nas finais da NBA.

Entretanto, quando os Splash Brothers estavam à beira da eliminação e a classificação parecia improvável, veio uma virada histórica. Vitórias por 120 a 11 no jogo 5, 108 a 101 no jogo 6 (chamado de jogo 6 Klay, devido a grande performance de Klay Thompson) e por fim a classificação heroica no jogo 7 com vitória de 96 a 88.

(Foto: Divulgação/NBA)

Oddsshark