23/03/2020 - 22h52

Jogadores e dirigentes da NBA querem terminar temporada 2019-20 “a qualquer custo”

Pessoas envolvidas com a liga acreditam que o melhor cenário para a volta da temporada seria no final de junho

MILWAUKEE, WISCONSIN - MAY 23: Marc Gasol #33 of the Toronto Raptors and Brook Lopez #11 of the Milwaukee Bucks jump for the tipoff in the first quarter during Game Five of the Eastern Conference Finals of the 2019 NBA Playoffs at the Fiserv Forum on May 23, 2019 in Milwaukee, WisconsinJogadores, proprietários e dirigentes da NBA estão focados em concluir a temporada 2019-20 “a qualquer custo”, de acordo com fontes ouvidas por Ramona Shelburne, da ESPN norte-americana.

Nesta segunda-feira (23), a repórter contou que “não importa como, eles querem salvar a temporada – se é em julho, se é em agosto, se é em setembro, que assim seja”.

A NBA suspendeu os jogos por tempo indeterminado em 11 de março por causa da pandemia de coronavírus. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças descartaram efetivamente um retorno antes de meados de maio.

Adrian Wojnarowski, da ESPN norte-americana, também informou que os proprietários da NBA “estão se preparando para a possibilidade de que o final de junho seja o melhor cenário” para que a temporada seja retomada.

Segundo Wojnarowski, um plano discutido pela NBA incluía jogos em arenas vazias, com os playoffs se estendendo até agosto. Mesmo assumindo que essas sejam as datas, o longo hiato da competição criaria um efeito dominó para 2020-21.

Marc Stein, do New York Times, relatou que pessoas em torno da NBA estão fazendo lobby para que a free agency desta temporada fosse alterada para setembro e que a temporada regular começasse no dia de Natal.

O jornalista também observou que com essas mudanças, o calendário da NBA deixaria de “competir” com a NFL e o futebol americano universitário e passaria a “enfrentar” a temporada da MLB na maior parte do ano.

Crédito da foto: Jonathan Daniel/Getty Images

Oddsshark