12/05/2020 - 01h43

Jayson Tatum diz que Coach K o convenceu a jogar nos Celtics

Jayson Tatum preferia ir para os Suns até uma ligação do seu antigo treinador mudar sua cabeça

Com game-winner de Tatum, Celtics têm dificuldades, mas vencem os KnicksAtualmente é difícil imaginar Jayson Tatum fora do Boston Celtics, mas isso quase aconteceu. Durante uma aparição no podcast “All the Smoke”, Tatum detalhou como ele estava inicialmente relutante com a ideia de jogar para o talentoso time de Boston antes do Draft de 2017. Porém, seu antigo técnico na Universidade de Duke, Mike Krzyzewski, ajudou a convencê-lo a visitar os Celtics.

“Então, eu volto para o meu hotel (em Phoenix), e meu agente me ligou e ele disse: ‘Danny Ainge ligou e disseram que vão negociar sua escolha (número 1), vão para o 3 e querem que você vá a Boston no dia seguinte para treinar'”, disse Tatum. “Eu fiquei pensando ‘não, eu não quero ir para Boston. Eu gosto daqui de Phoenix. É legal. O tempo está bom. Eu tenho uma casa grande, tenho uma piscina, minha mãe está vindo para cá.’ Fiquei tipo: ‘estou tentando não ouvir isso, quero ir para Phoenix.’ ”

“Meu agente ficou tipo: ‘pense nisso.’ Então, desligamos, tipo: ‘não vou fazer esse treino agora. Estou bem.’ Mas o Coach K me ligou logo depois que meu agente telefonou e ele disse: ‘Jayson, os Celtics ligaram, eles querem que você dê certo. Acho que Brad Stevens é um ótimo treinador e é um ótimo lugar para se estar, aprender muito. Então, eu fiquei tipo: ‘Uh, tudo bem. Eu vou.’ ”

Tatum gostou do potencial de uma possível parceria com Devin Booker em Phoenix. Já a equipe dos Celtics parecia mais pronta e terminou a temporada 2016-17 no topo da Conferência Leste, ou seja, talvez não tivesse espaço para um jovem jogador em desenvolvimento. “Havia uma parte de mim que não queria ir para Boston porque era o time número 1 da conferência; eles tinham Isaiah Thomas, Al Horford, [Marcus] Smart, (Jaylen Brown), Jae Crowder”, disse Tatum. “Eu estava tipo ‘cara, eu não vou jogar, estou tentando ter mais arremessos.’ ”

“Funcionou muito bem. Eu realmente gostei de estar em Boston até agora”, disse Tatum, celebrando a decisão e a ajuda de Coach K. “Jogar no Garden é como em nenhum outro lugar. Os fãs são incríveis. Basta olhar para os 17 campeonatos que temos e para todos os grandes jogadores que vêm antes de mim. É uma loucura.”

“Uma semana antes do Draft, fui a Phoenix apenas para conversar com o GM e ver a instalação”, disse Tatum. “Eu não treinei, apenas fui me encontrar com todo mundo. Depois que Earl Watson me levou, ele me mostrou todas as casas onde os jogadores moram. Liguei para minha mãe e pensei: ‘ei, acho que quero ir para Phoenix’. Earl Watson disse: ‘Você vem para Phoenix, você e o D-Book, dois assassinos de pele clara, eu vou deixar vocês arrasarem.’ Estou sentado no carro, tipo: ‘cara, isso soa bem. Acho que quero vir para cá.’ ”

E ele terminou dizendo: “Tudo deu certo. Foi a melhor decisão, então deu certo.”

Foto: Divulgação Twitter / Boston Celtics

Oddsshark