28/02/2020 - 19h36

James Harden afirma que é o melhor jogador da liga e rebate provocação de Giannis Antetokounmpo

O 'barba' respondeu aos comentários do grego e disse que um anel de campeão vai trazer o respeito que merece

MILWAUKEE, WISCONSIN - MARCH 26: Giannis Antetokounmpo #34 of the Milwaukee Bucks is defended by James Harden #13 of the Houston Rockets during the second half of a game at Fiserv Forum on March 26, 2019 in Milwaukee, Wisconsin

A NBA é uma competição dentro e fora das quadras, com estatísticas que medem desde a popularidade dos atletas em redes sociais, até vendas de camisas e artigos exclusivos. Nos últimos anos, a disputa do prêmio de MVP foi recheada de discussões e debates na imprensa, e um dos nomes mais citados foi do armador James Harden.

O MVP da NBA na temporada 2017-18 concedeu entrevista para a jornalista Rachel Nichols, da ESPN americana, e foi perguntado sobre questões polemicas, como sua “falta” de reconhecimento ao redor da liga, o desejado anel de campeão e comentários provocativos de Giannis Antetokounmpo.

“Eu acho que sou o melhor jogador do momento”, respondeu o “barba” após ser questionado sobre onde se vê perante os astros da NBA. “Durante o ano eu não vi os times dobrando a marcação em outros atletas, normalmente você só encara marcação dupla quando tem noites de 50 ou 60 pontos, mas se eu faço 18 pontos, na noite seguinte eu enfrento marcação dupla”, comentou em tom descontraído.

O camisa 13 do Houston Rockets é o cestinha da competição pelo terceiro ano consecutivo, anotando 35,2 pontos por partida – números dignos de MVP. “Acho uma loucura e olha que eu sou o cestinha da liga. É algo que eu não posso controlar”, disse o craque depois de Rachel informar que ele não figura entre os cinco jogadores favoritos ao prêmio no site da oficial da entidade.

LEIA MAIS

+ A corrida para o prêmio de MVP da NBA (mês 4)

Durante a seleção dos times do último All-Star Game, Giannis Antetokounmpo e LeBron James (capitães) escolheram seus atletas e na disputa, o grego soltou uma frase que virou motivo de piada e de certa forma, até mesmo de provocação. Charles Barkley, comentarista da TNT americana, perguntou se o grego não queria um driblador pra armação de seu time, então o camisa 34 dos Bucks respondeu que preferia alguém que “passasse a bola”, optando entre Trae Young e Kemba Walker em vez de James Harden.

“Acho que eu tenho mais assistências que ele, não vejo qual é a piada. Eu não presto atenção nessas coisas. Só sei que nenhum deles consegue me marcar”, rebateu o barba. “Quando a temporada acabar eles vão ter que me apreciar. Eu queria poder ter uns 2,11m de altura, sair correndo e enterrar, não é preciso ter habilidade nenhuma pra isso. O lance é que eu preciso saber jogar basquete e ter alguma habilidade, sabe? Sempre vou preferir isso”, disparou em tom provocativo a Antetokounmpo.

Mesmo com feitos impressionantes na carreira, como partidas com mais de 60 pontos, prêmio de sexto homem da liga e até mesmo ter passado os 20 mil pontos nesta temporada, o astro por vezes é mais criticado do que exaltado. Nichols levantou a questão e perguntou se ele sentia que um anel de campeão traria o merecido respeito e o armador foi preciso. “Sim, vai trazer e eu vou conseguir o título. Estou muito confiante sobre isso”, finaliza.

Independente de reconhecimento, as estatísticas não mentem e comprovam como o “barba” é um jogador diferenciado. Resta saber como serão os próximos jogos e como ficará a situação dos Rockets na classificação da Conferência Oeste – um fator importante para a eleição do MVP.

De qualquer forma, uma coisa é certa: os duelos contra Giannis Antetokounmpo e o Milwaukee Bucks serão recheados de rivalidade daqui pra frente.

Foto: Reprodução Twitter/Houston Rockets & Stacy Revere/Getty Images

Oddsshark