05/02/2020 - 09h25

Hawks recebem Capela e Nenê em troca envolvendo 4 times

Negócio envolveu 12 jogadores, maior troca da NBA nos últimos 20 anos

Em um dos jogos mais emocionantes do ano, Rockets vencem os Warriors fora de casaConfirmando rumores, o Houston Rockets negociou no fim da noite desta terça-feira (04) o contrato do pivô suíço Clint Capela com o Atlanta Hawks, segundo diversas fontes da imprensa americana. O que não se esperava era uma troca gigante envolvendo no total 12 jogadores e 4 times.

Denver Nuggets e Minnesota Timberwolves também fizeram parte da troca. Entre os nomes que mudam de equipe, destaque para o ala-pivô Robert Covington, que segue para Houston, e o pivô brasileiro Nenê Hilário, que vai junto com Capela para Atlanta.

Confira abaixo a troca completa.

Houston recebe: Covington, Jordan Bell e uma escolha de segunda rodada do Draft

Atlanta recebe: Capela e Nenê

Minnesota recebe: Malik Beasley, Juancho Hernangomez, Evan Turner, Jarred Vanderbilt e uma escolha de primeira rodada do Draft de 2020 dos Hawks (via Nets)

Denver recebe: Gerald Green, Noah Vonleh, Shabazz Napier, Keita Bates Diop e uma escolha futura de primeira rodada dos Rockets

Essa é a troca envolvendo o maior número de jogadores desde 2000, quando o New York Knicks enviou Patrick Ewing ao extinto Seattle SuperSonics. Los Angeles Lakers e Phoenix Suns também fizeram parte daquele negócio.

Para os Rockets, a troca tem motivos financeiros em primeiro lugar. Ele assinou um contrato de cinco anos e US$ 90 milhões em 2018 e ainda tinha mais de US$ 76 milhões a receber. O jogador de 25 anos tem médias de double-double na temporada (13,9 pontos e 13,8 rebotes), mas não vinha causando tanto impacto no time de Houston e está atualmente lesionado.

Uma estatística chama a atenção: os Rockets estão com 10 vitórias e apenas uma derrota em jogos sem Capela. A equipe vem adotando formações alternativas durante sua ausência, apostando mais no small ball. Mesmo assim, com US$ 12 milhões de flexibilidade na folha salarial, a franquia pode buscar um outro pivô antes do fechamento no mercado, nesta quinta-feira (06).

A chegada de Robert Covington também é importante para melhorar o trabalho de perímetro do time de Mike D’Antoni. O ala tem médias de 12,8 pontos e 6 rebotes na temporada, com 43,5% nas bolas de três.

Para os Hawks, por outro lado, apesar de ter chances bem remotas de chegar os playoffs, o time fortalece muito o garrafão, formando uma dupla de respeito com Clint Capela e o jovem John Collins, municiados por Trae Young. Não se sabe ainda se Nenê Hilário ficará na equipe, uma vez que está lesionado e ainda nem estreou na temporada.

*Atualizado em 5 de fevereiro de 2020, às 10h50

Foto: Reprodução Twitter/Houston Rockets

Oddsshark