24/05/2020 - 17h07

Governador de NY diz que equipes do estado podem reabrir suas instalações

Andrew Cuomo anunciou oficialmente volta das equipes de Nova York para suas atividades normais

NEW YORK, NY - NOVEMBER 14: Fans look on during a tip-off between the New York Knicks and Utah Jazz at Madison Square Garden on November 14, 2014 in New York CityNova York parece estar dando um grande passo rumo à volta das atividades esportivas no estado. Neste domingo (24), o governador Andrew Cuomo anunciou oficialmente a liberação para todas as equipes profissionais de NY reabrirem suas instalações de treinamento.

O governador também disse que todos os times deverão seguir os protocolos de saúde adequados, visto que a pandemia do coronavírus ainda é uma ameaça.

O anúncio corrobora com as recentes declarações de Cuomo. Durante o mês de maio, ele afirmou que gostaria de ver as franquias de Nova York voltando a suas atividades, prometendo todo apoio necessário para as equipes.

O político de 62 anos disse que esperava ver os Mets e os Yankees atuando em seus respectivos estádios ainda em 2020 e, dias depois, contou que estava ansioso para ver o Buffalo Bills voltar a campo.

A notícia deve ter impacto positivo em todas as franquias do estado. Na NFL, os Bills devem começar o processo de training camp tranquilamente. Os Giants e os Jets também têm instalações em NY e poderão utilizar seu próprio estádio (as equipes dividem o MetLife Stadium).

Na NBA, New York Knicks e Brooklyn Nets devem se beneficiar com o anúncio, podendo retornar aos treinamentos em seus próprios centros enquanto a NBA decide quando voltará com suas atividades normais.

Mets e Yankees também poderão reiniciar as atividades de preparo para a temporada 2020 da MLB, que dá indícios de um retorno em breve.

Na NHL, New York Rangers, New York Islanders e Buffalo Sabres serão todos beneficiados pela medida do governo, retornando em breve aos treinos enquanto a NHL decide qual formato será adotado na volta da liga.

Diversos fatores ainda precisam ser analisados e ponderados, entre avaliações de riscos e medidas extras de precaução, mas o anúncio do governador Cuomo torna, sem dúvidas, a volta dos esportes em 2020, muito mais provável.

(Foto: Alex Goodlett/Getty Images)

Oddsshark