15/04/2019 - 20h22

Favorito para ser a primeira escolha, Zion Williamson se declara para o Draft

O ala de 18 anos de Duke é o franco favorito para encabeçar a lista de selecionados da classe de 2019

DURHAM, NORTH CAROLINA - NOVEMBER 14: Zion Williamson #1 of the Duke Blue Devils dunks against the Eastern Michigan Eagles during the first half of their game at Cameron Indoor Stadium on November 14, 2018 in Durham, North CarolinaA espera acabou. Zion Williamson estará no Draft de 2019! O calouro sensação de Duke anunciou nesta segunda-feira (15), sua intenção de entrar no hall de selecionados para a turma deste ano do recrutamento da NBA. Williamson tornou a decisão oficial através de um post em sua conta pessoal no Instagram.

O ala de apenas 18, franco favorito para ser a primeira escolha geral, entrou para a faculdade como o terceiro melhor jogador da classe de recrutamento de Duke no ano passado, atrás de RJ Barrett e Cam Reddish. No entanto, graças a uma temporada exuberante, ele não só sai da faculdade eleito o melhor jogador universitário do ano de forma unânime, como chega ao Draft sob expectativas de que pode ser o próximo grande jogador da NBA.

Listado com 2,04m de altura e 129 kg, Williamson tem um físico completamente fora da curva e que se assemelha muitas vezes mais o de um jogador da NFL. Além de uma impulsão de dar inveja a qualquer atleta, Zion tem um controle de bola atípico para alguém com o seu tamanho, sendo um ótimo passador ao mesmo tempo que usa suas vantagens físicas para ser um excelente jogador de garrafão.

Seu jogo atraiu elogios de diversas personalidades do mundo do basquete, como Scottie Pippen, que o chamou de “o melhor prospecto desde Michael Jordan e LeBron James”. O sucesso do jovem é tamanho que vários fãs da liga já dizem que sua presença no torneio de enterradas do próximo ano é obrigatória.

“Ele é surreal. Nós estávamos conversando sobre ele outro dia em nosso vestiário”, disse Stephen Curry a alguns repórteres. “Ele tem muito ‘hype’ em torno dele e ele é incrivelmente talentoso, mas você não pode aprender com, tipo, a paixão dele e o jeito que… ele joga. Ele joga duro em todas as posses, e essa é uma habilidade subestimada que as crianças podem… emular, imitar”, completou o armador do Golden State Warrios.

A maior preocupação que ronda a chegada de Williamson na liga é se ele pode suportar os rigores de uma temporada de 82 jogos. Ele perdeu cinco partidas na temporada universitária por conta de uma torção no joelho que sofreu no episódio da ‘explosão’ de seu sapato em um jogo da NCAA. Para se ter um noção do tamanho do garoto na mídia, o incidente fez com que as ações da Nike caíssem de maneira vertiginosa no dia seguinte.

No momento, Zion parece sem dúvidas um prospecto geracional, mas claro que como jovem, ainda possui algumas falhas em seu jogo. Ele, por exemplo, não é um bom arremessador de longo alcance, tendo apenas 33,8% de aproveitamento da linha de três pontos durante seu período na universidade. Além disso, arremessou para baixos 64% de aproveitamento nos lances livre.

Ao que tudo indica, Zion Williamson será um bom jogador da NBA, não importa o que aconteça, mas ele tem o teto para ser quem sabe ser um dos melhores da liga nos próximos anos. Para que isso aconteça, vai ser fundamental que ele chegue para jogar em um ambiente propício ao seu desenvolvimento, de preferência com uma boa equipe técnica que ajude e acompanhe de perto seu desenvolvimento.

(Foto: Grant Halverson/Getty Images)

Oddsshark