Oferecimento
25/01/2020 - 00h41

“Eu queria ir para Nova York e pensei que estava indo para os Knicks”, revela Stephen Curry

Se não fosse por uma mudança de última hora o armador poderia ter ido desfilar seu talento no Madison Square Garden

Com show de Curry, Warriors vencem os WizardsO Draft da NBA é um dos momentos mais aguardados e inesperados para os fãs, executivos e atletas que sonham em jogar na liga. Uma das edições mais icônicas da última década ocorreu em 2009.

A famosa safra revelou diversos craques como Blake Griffin, James Harden, Rick Rubio e Stephen Curry, que inclusive, anos depois revelou uma curiosidade envolvendo suas expectativas pessoais na noite do evento.

“Eu queria ir para Nova York e pensei que estava indo para o New York Knicks”, disse o armador durante uma aparição no podcast All The Smoke, do portal Showtime.

Vale lembrar que o jogador foi um dos prospectos mais badalados daquela edição depois de chocar os EUA com suas atuações no torneio da NCAA pela universidade de Davidson, anotando médias de 28,6 pontos e 5,6 assistências, sendo nomeado para o All-American Team (melhores jogadores universitários do ano) e liderando a primeira divisão da NCAA em pontos.

Mesmo sendo considerado magro e lento por diversos analistas da NBA na época, Curry chegou com moral na noite do Draft e estava dentro do Top 10 de acordo com a mídia, integrando um grupo especial de atletas que estavam destacados dos demais durante a cerimônia.

“Na noite do Draft enquanto eu estava na sala verde eu pensava tipo ‘bom, quando chegar na posição 8 os Knicks podem me escolher’, mas então recebi a ligação de Larry Riley, ex-gerente geral dos Warriors e ele disse que me escolheriam na sétima posição”, revelou.

Para se ter ideia, o jogador escolhido pelos Knicks na oitava posição foi Jordan Hill, que obteve médias de 7,9 pontos e 5,8 rebotes em oito anos de NBA.

Como todos sabem, Stephen Curry entrou para a história do Golden State Warriors ao liderar o time nos três títulos nos últimos cinco anos, fora os dois prêmios de MVP da liga ao lado de Steve Kerr, Kevin Durant e cia.

O camisa 30 dos Warriors foi o principal responsável pela popularização das bolas de três pontos nas últimas temporadas e terá seu nome anotado nos livros de história da liga quando encerrar sua carreira. Por ora, o armador está se recuperando de uma lesão na mão. Resta saber se existe chance de retorno ainda nesta temporada.

Foto: Reprodução Twitter/Golden State Warriors e Twitter Stephen Curry

Oddsshark