17/02/2020 - 01h46

Em jogo competitivo e emocionante, Time LeBron vence Time Giannis no All-Star Game 2020 da NBA

Reinventado, All-Star Game tem fortes emoções em vitória do Time LeBron sobre o Time Giannis por dois pontos

Giannis e LeBron protagonizam um dos mais competitivos All-Star GamesCom mudanças nas regras do jogo para homenagear Kobe Bryant e premiar instituições educacionais de Chicago, o All-Star Game da NBA de 2020, no United Center, trouxe competitividade, emoção e jogadas memoráveis neste domingo (16). No fim, depois de vitórias no primeiro e quarto períodos, o Time LeBron venceu a partida contra o Time Giannis por 157 a 155 e faturou US$ 400 mil para a Chicago Scholars, entidade representada pela equipe.

Cestinha da partida com 30 pontos e 8/14 nas bolas de três em apenas 20 minutos de ação, Kawhi Leonard foi o primeiro jogador da história a receber o “Troféu Kobe Bryant” de MVP do All-Star Game.

Além de Kawhi, os destaques do Time LeBron ficaram por conta do capitão, LeBron James, que terminou a partida com 23 pontos e 6 assistências, e Chris Paul, que também fechou o jogo com 23 pontos e 6 assistências, com 7/11 nas bolas de fora. Anthony Davis também teve partida destacada, contribuindo com 20 pontos, 9 rebotes e o último ponto da noite, que decretou a vitória de sua equipe, no lance livre.

Pelo Time Giannis, Giannis Antetokounmpo teve um primeiro tempo arrasador e terminou a partida com 25 pontos e 11 rebotes, com 11/21 nos arremessos de quadra. Atrás do grego, Kemba Walker, apesar dos erros nos últimos minutos, foi bem, registrando 23 pontos em 5/11 nas bolas de três. Joel Embiid, com 22 pontos e 10 rebotes, Rudy Gobert, com 21 pontos e 11 rebotes em 19 minutos, e Trae Young, com 10 pontos e 10 assistências, também tiveram grandes aparições.

O jogo

Kawhi é eleito MVP do All-Star Game 2020 da NBA

No primeiro quarto da partida, Kawhi liderou o Time LeBron com 12 pontos em 4/4 bolas de três convertidas, comandando, junto com LeBron e Davis, a vitória de seu time por 53 a 41. O triunfo na parcial depositou US$ 100 mil na conta da Chicago Scholars.

No segundo quarto, a história foi completamente diferente. Ensandecido pela derrota nos primeiros 12 minutos, Antetokounmpo chamou a responsabilidade e anotou 14 de seus 20 pontos do primeiro tempo no segundo período. A maior disposição do Time Giannis prevaleceu e a equipe venceu a parcial por 51 a 30, após uma bola do meio da quadra de Young no estouro do cronômetro, passando à frente no placar geral do jogo (92 a 83) e depositando US$ 100 mil na conta da After School Matters.

Kawhi seguiu quente no segundo quarto e terminou o primeiro tempo com 25 pontos e 7/10 nas bolas de três, igualando o recorde de bolas de três em um quarto, que era de Russell Westbrook. O segundo período também marcou a primeira ponte aérea completada por Chris Paul em sua carreira de 15 temporadas, incluindo temporada regular e playoffs.

Após um ótimo show de “Chance, The Rapper”, no intervalo, o Time Giannis seguiu embalado no terceiro quarto, com destaque para Rudy Gobert e Trae, que terminaram a parcial com double-doubles, sendo 21 pontos e 11 rebotes para o pivô do Jazz e 10 pontos e 10 assistências para o armador dos Hawks. Com uma grande distribuição de pontos, o Time LeBron correu atrás do prejuízo e chegou a liderar por 41 a 39, mas com uma ponte aérea Young-Gobert a 2 segundos para o fim, o Time Giannis empatou em 41 e acumulou o prêmio de US$ 100 mil da parcial para o último quarto.

Com 133 a 124 no placar para o Time Giannis, o placar alvo para o fim ficou em 157 (133+24). Quem chegasse neste placar primeiro, ganharia a partida. O que não foi nada rápido. Depois de uma grande escalada no placar, o Time LeBron virou o jogo para 156 a 153, após infiltração e enterrada de LeBron, e ficou a uma cesta da vitória. Na posse seguinte, lances livres para Embiid, que colocou os dois e deixou o time Giannis a uma cesta da vitória também, 156 a 155.

Com tempo pedido e jogada com tempo para execução, LeBron esperou a situação de desequilíbrio defensivo após bloqueios fora da bola e lançou embaixo da cesta para Davis contra Lowry, que foi obrigado a fazer a falta. Após erro e susto no primeiro lance livre, Davis acertou o segundo e deu números finais a um dos All-Star Games mais emocionantes dos últimos anos, injetando mais US$ 300 mil na conta da Chicago Scholars.

(Fotos: Reprodução Twitter / NBA)

Oddsshark