12/02/2020 - 01h31

Com melhor atuação na NBA, Zion brilha e Pelicans vencem Blazers

Primeira escolha do Draft 2019 faz 31 pontos, pega nove rebotes e comanda vitória maiúscula de New Orleans em casa

Com melhor atuação na NBA, Zion brilha e Pelicans vencem BlazersA briga pela oitava posição da Conferência Oeste da NBA está “pegando fogo” e nesta terça-feira (11), dois times que sonham com a almejada vaga para os playoffs mediram forças no ginásio Smoothie King Center. Melhor para o New Orleans Pelicans (23-31), que jogando em casa, fez uma grande apresentação no terceiro quarto (41 a 21) e sob comando de Zion Williamson bateu o Portland Trail Blazers (25-30) pelo placar de 138 a 117.

Com a melhor atuação da carreira na liga, a primeira escolha do Draft 2019 marcou 17 pontos só no terceiro período e terminou sua participação com 31 pontos, nove rebotes e cinco assistências no total.

Agora, Zion é o primeiro calouro desde Dikembe Mutombo em 1991/92 a marcar pelo menos 14 pontos em cada um dos seus primeiros nove jogos da carreira na NBA. Os últimos três estreantes antes de Williamson com esses números são Mutombo, Patrick Ewing e Michael Jordan.

Além dele, destaque para as exibições de Josh Hart (17 pontos e seis rebotes), Jrue Holiday (16 pontos, 10 assistências, dois roubos e dois tocos), que dominou os dois lados da quadra, e JJ Redick (20 pontos e quatro bolas de três).

Pelos Blazers, Damian Lillard e CJ McCollum ambos com 20 pontos, foram os cestinhas. Além da pontuação, o armador distribuiu ainda seis assistências e pegou cinco rebotes, mas esteve longe de repetir suas últimas performances. Carmelo Anthony com 18 pontos e Hassan Whiteside, que anotou mais um duplo-duplo na carreira (17 pontos e 14 rebotes) contribuíram bem também para a equipe derrotada.

O JOGO

Com Zion Williamson no quinteto titular e Brandon Ingram ainda fora, o primeiro quarto foi “maluco” no ginásio Smoothie King Center. No início, o New Orleans Pelicans até foi bem, mas após anotar 14 pontos (14 a 13), o time parou e o Portland Trail Blazers emendou uma sequência impressionante de 15 pontos seguidos, brilhando coletivamente. Com grande vantagem, os visitantes ganharam a parcial com tranquilidade por 36 a 27, mesmo com Damian Lillard apagado em pontuação (seis pontos), porém distribuindo bem a bola para os seus companheiros (quatro assistências). Hassan Whiteside dominante no garrafão (oito pontos e quatro rebotes) foi outro destaque, ofuscando Jrue Holiday pelos mandantes (oito pontos).

No segundo quarto, Zion “puxou” a sua equipe e apareceu muito bem no jogo. No entanto, os Blazers tinham Whiteside liderando a área pintada, já com duplo-duplo efetivado, além de Carmelo Anthony e CJ McCollum contribuindo ofensivamente. Com isso, Portland liderou o período inteiro e foi para o intervalo ainda na frente (65 a 63), mesmo com ótima reação do rival no fim.

No retorno para o terceiro quarto, o panorama do duelo mudou totalmente e os Pelicans não só assumiram a ponta do placar, como dominaram totalmente o período, sob a batuta da primeira escolha do Draft 2019, que fazia sua melhor exibição na NBA até o momento (17 pontos na parcial). Além deles, a equipe da casa contava com ótimas contribuições de Jrue Holiday, JJ Redick e Josh Hart. Irreconhecível no aproveitamento de quadra, Lillard sofria para pontuar, não repetia as suas últimas performances na liga e viu o seu adversário levar o duelo para o quarto derradeiro com grande folga no marcador (104 a 86).

A partir daí, a partida ficou fácil para os donos da casa e o último período foi disputado por mera formalidade. Sem dar qualquer chance para o Portland Trail Blazers, o New Orleans Pelicans controlou as ações, não tiraram o “pé do acelerador” em nenhum momento, bateram a marca dos 20 pontos de diferença e venceram o confronto com imensa facilidade por 138 a 117.

Em plena evolução, a franquia da Louisiana alcança agora o terceiro triunfo consecutivo na liga, segue na 11ª colocação da Conferência Oeste e “respira” na briga por uma vaga na pós-temporada. Do outro lado, Portland permanece na nona posição da mesma Conferência e ainda mantém viva a esperança pela pós-temporada também.

Próximos jogos

Na sequência, o New Orleans Pelicans retornará à quadra nesta quinta-feira (13) e pegará o Oklahoma City Thunder tentando manter o embalo, em casa novamente. Já o Portland Trail Blazers enfrentará um back-to-back pela frente e nesta quarta-feira (12), jogará contra o Memphis Grizzlies, longe de Oregon.

Confira a programação dos jogos que acontecem nesta quarta-feira (12):

Atlanta Hawks @ Cleveland Cavaliers
Detroit Pistons @ Orlando Magic
Washington Wizards @ New York Knicks
Milwaukee Bucks @ Indiana Pacers
Toronto Raptors @ Brooklyn Nets
Portland Trail Blazers @ Memphis Grizzlies
Charlotte Hornets @ Minnesota Timberwolves
Sacramento Kings @ Dallas Mavericks
Miami Heat @ Utah Jazz
Golden State Warriors @ Phoenix Suns
Los Angeles Lakers @ Denver Nuggets

Foto: Divulgação Twitter / NBA

Oddsshark