22/02/2016 - 00h23

Com atuação monstruosa, Anthony Davis leva Pelicans à vitória sobre os Pistons

Davis tem melhor atuação da carreira (e da franquia) e Pelicans batem Pistons; Cavaliers vencem Thunder sem sustos

anthony-davis-new-orleans-pelicansA atuação de Anthony Davis, neste domingo (21), na vitória de seu New Orleans Pelicans (22-33) sobre o Detroit Pistons (27-29), fora de casa, por 111 a 106, foi uma daquelas para entrar para a história. Um dos melhores alas-pivôs da liga, Davis terminou a partida com 59 pontos e 20 rebotes, estabelecendo sua maior marca de pontuação individual e a maior marca da franquia também. Em 11º, New Orleans ainda tenta chegar à briga pela oitava posição do Oeste, 5,5 jogos atrás do Houston Rockets, o oitava. Detoit continua descendo a ladeira, depois de ter acumulado sua quinta derrota seguida e a oitava nos últimos 10 jogos.

Depois de ter acertado 24 de seus 34 arremessos de quadra (70,6%), seus dois arremessos de três e nove de seus 10 lances-livres, Davis superou Jamal Mashburn como recordista de pontos da franquia em uma partida (recorde era 50 pontos) e se juntou a Shaquille O’Neal e Chris Webber como os únicos jogadores a atingirem 50 pontos e 20 rebotes em uma partida desde 1983. “Não acho que a ficha irá cair até amanhã, o que fiz hoje. Mas entrar para a história ao lado de C-Webb e Shaq? Isso é algo especial”, comentou o monocelha após a partida.

Além do ala-pivô, apenas Jrue Holiday, vindo do banco, atingiu dois dígitos de pontuação, ao anotar 20 pontos, além de nove assistências e sete rebotes. Depois dos dois, a maior pontuação de alguém da equipe foi a de Ryan Anderson, com somente seis pontos. O pivô Omer Asik saiu machucado ainda no primeiro quarto, sendo substituído por Kendrick Perkins.

Alvin Gentry, técnico dos Pelicans, elogiou a partida de Davis e explicou a causa do jogo excepcional de seu ala-pivô. “Fizemos um esforço para deixá-lo livre com a bola, e Jrue (Holiday) dez um grande trabalho em relação a isso. Este é um grande time, e Andre Drummond é um dos melhores pivôs da liga, então isso mostra o que A.D. pode fazer quando tem espaço”, comentou o técnico, ex-assistente do Golden State Warriors.

Do lado dos Pistons, Reggie Jackson foi o grande destaque. O armador foi a 34 pontos, com 11/20 nos arremessos de quadra. Destaque de Detroit na temporada, Andre Drummond registrou 21 pontos, 14 rebotes e três tocos. Anthony Tolliver, ala-pivô titular, machucou-se com sete minutos de jogo e fez com que Stan Van Gundy, técnico da equipe, movesse Marcus Morris para a posição e colocasse o recém-chegado Tobias Harris na ala. O ex-Orlando Magic foi o terceiro cestinha da equipe, com 16 pontos.

New Orleans volta às quadras na terça-feira (23), quando visita os Wizards, em Washington. Detroit joga novamente nesta segunda-feira (22), quando visita os Cavaliers, em Cleveland.

Liderados por Love e LeBron, Cavaliers batem Thunder

No duelo entre as equipes de terceira e quarta melhores campanhas, respectivamente, Cleveland Cavaliers (40-14) e Oklahoma City Thunder (40-16) jogaram na Chesapeake Energy Arena e o que tinha tudo para ser um jogo equilibrado foi um grande passeio dos Cavs fora de casa, com vitória por 115 a 92.

Os Cavs foram liderados por Kevin Love e LeBron James. O ala-pivô teve um grande double-double de 29 pontos e 11 rebotes, enquanto que o ala registrou 25 pontos 11 assistências e sete rebotes. O armador Kyrie Irving jogou apenas o primeiro quarto, saindo após reclamar sobre sintomas de gripe. Do lado do Thunder, Russell Westbrook flertou com o triple-double ao anotar 20 pontos, 11 assistências e nove rebotes. Kevin Durant foi o cestinha da equipe com 26 pontos.

Nowitzki chega a 29.000 pontos em vitória dos Mavericks

Faltavam pouco mais de 10 minutos para o fim do terceiro quarto quando Dirk Nowitzki acertou uma bola de três para fixar ainda mais seu nome na história da NBA. Com os três pontos, o ala-pivô alemão chegou a marca de 29.000 pontos, apenas o sexto jogador da liga a atingir tal feito. Seus 18 pontos no jogo ajudaram o Dallas Mavericks (30-27) a vencer o Philadelphia 76ers (8-47) por 129 a 103.

O cestinha da equipe foi Wesley Matthews, com 21 pontos. Deron Williams e Chandler Parsons tiveram 15 pontos cada. Do lado de Philadelphia, o calouro Jahlil Okafor foi o cestinha de toda a partida com 31 pontos, melhor marca de sua carreira.

Confira os resultados deste domingo (22) na NBA:

New Orleans Pelicans 111 @ 106 Detroit Pistons
Cleveland Cavaliers 115 @ 92 Oklahoma City Thunder
Boston Celtics 121 @ 101 Denver Nuggets
San Antonio Spurs 118 @ 111 Phoenix Suns
Charlotte Hornets 104 @ 96 Brooklyn Nets
Indiana Pacers 105 @ 102 Orlando Magic
Memphis Grizzlies 85 @ 98 Toronto Raptors
Philadelphia 76ers 103 @ 129 Dallas Mavericks
Los Angeles Lakers 115 @ 126 Chicago Bulls
Utah Jazz @ Portland Trail Blazers*

* Jogo não encerrado até a publicação desta matéria

(Foto: Reprodução Facebook / New Orleans Pelicans)

Oddsshark