21/01/2020 - 17h30

Chris Paul não pretende abrir mão de último ano de contrato com o Thunder

Armador espera que prossiga na equipe de OKC, na qual vem assumindo um papel de líder e exemplo para os jovens do time

O armador do Oklahoma City Thunder Chris Paul teve papel fundamental na vitória da equipe sobre o Houston Rockets, por 112 a 107, em duelo disputado nesta segunda-feira (20). Um dia após o jogo, ele comentou sobre a possibilidade de cumprir mais um ano de contrato com a franquia e afirma que pretende seguir no time até 2022.

“Sem chance. Isso não vai acontecer. Não mesmo. Pretendo seguir na equipe e cumprir mais um ano do meu contrato”, declarou CP3 para a jornalista Rohan Nadkarni, da Sports Illustrated.

Paul tem contrato com o Thunder até 2020-2021, com uma opção pessoal para a temporada 2021-2022. Ou seja, é ele que decide se fica ou não até o final do contrato. Com US$ 44,2 milhões a receber no último ano, isso é um dificultador para que OKC eventualmente troque o astro, pensando em economia salarial.

Lembrando que Paul assinou em julho de 2018 com o Houston Rockets um contrato de quatro anos e vai ganhar ao todo US$ 169,7 milhões.

Nesta última free agency, CP3 foi envolvido na troca que levou Russell Westbrook para os Rockets, e o time de Oklahoma ficou com o experiente armador além de inúmeras escolhas de Draft.

Até aqui, Paul vem sendo líder da franquia, que atualmente ocupa a sétima colocação da Conferência Oeste, dois jogos atrás do sexto colocado, que é o time de Houston, e quatro partidas e meia na frente do Memphis Grizzlies.

Em 44 duelos disputados até aqui CP3 acumula médias de 17 pontos, 6,4 assistências, cinco rebotes e 1,6 roubo de bola por jogo.

(Foto: Divulgação)

Assista aos jogos da NBA ao vivo, onde estiver, no Watch ESPN. Clique aqui e aproveite sete dias grátis.

Oddsshark