29/04/2020 - 19h37

Chris Paul confirma que negou troca com os Warriors: ‘Nunca quis sair para o Oeste’

Armador disse que a história é verdadeira e que esteve perto de se tornar jogador da franquia da Califórnia

Chris Paul OKC x SpursChris Paul realmente esteve perto de se tornar jogador do Golden State Warriors. Na segunda-feira (27), o jogador confirmou que essa possibilidade existiu durante participação no programa Uninterrupted.

O fato está presente no livro “The Victory Machine”, de Ethan Strauss, no qual o autor escreveu que os Warriors estiveram próximos de adquirir Paul do New Orleans Hornets, atual New Orleans Pelicans, no ano de 2011. Entretanto, os Warriors recuaram após o jogador dizer que não renovaria com a franquia quando ele se tornasse free agent.

“Sim, eu me lembro. História verdadeira. Aquilo aconteceu com vários times. Na verdade, eu nunca quis ir para o Oeste. Eu nasci e cresci na costa leste. Então, eu nunca fui louco por L.A. e tudo aquilo, até que eu finalmente cheguei aqui e morei aqui”, afirmou Chris Paul, se referindo a Los Angeles, onde defender os Clippers posteriormente.

“Mas naquela época, tudo que eu conhecia realmente sobre a Bay (Area) foi por causa de estar aqui para jogar ou qualquer coisa, e tudo era tão montanhoso e eu pensei em ‘Full House’ (série conhecida no Brasil como “Três é Demais”). Como se fosse de verdade. Eu não sabia. E então, naquele ponto da minha vida e conversando com minha esposa e todas essas coisas, isso não aconteceu…”, completou o jogador.

Acredita-se que os Warriors ofereceram Stephen Curry e Klay Thompson por Chris Paul. Naquele período, Curry era um promissor armador com preocupações sobre seu tornozelo, enquanto Thompson era um novato.

Chris Paul admitiu que ele desprezou os Warriors na mesma época em que a NBA – que atuava como proprietária da franquia de Nova Orleans – destruiu um negócio que o levaria para o Los Angeles Lakers. “Aquilo foi quando toda a coisa dos Lakers foi aniquilada e… Eu poderia ter ido para um time, aquele time, que seja, mas as coisas acontecem por uma razão”, ponderou CP3.

Ao mesmo tempo que Chris Paul confirmou o interesse dos Warriors, o general manager da franquia naquele período, Larry Riley, negou que a equipe realizou alguma oferta com Curry e Thompson por qualquer jogador.

“Steph Curry veio para os Warriors e ele se tornou um Warrior por toda vida, se ele quiser ser. Na segunda metade de sua temporada de estreia, ele estabeleceu o fato: de que este é o nosso armador nos próximos 10 anos”, contou o dirigente em entrevista ao programa de rádio 95.7 The Game, no início de abril.

“E enquanto há muita discussão sobre as possibilidade de trocar ele, isso nunca foi verdade. E nós nunca tivemos uma conversa sobre trocar Klay Thompson e Steph Curry por qualquer outro jogador”, completou Riley.

Apesar de não estar familiarizado com a costa oeste, Chris Paul acabou jogando lá. Alguns dias depois da NBA anular o acordo com os Lakers, o New Orleans Hornets enviou o armador para o Los Angeles Clippers, onde ficou até 2017.

Crédito da foto: Divulgação/Twitter Oklahoma City Thunder

Oddsshark