16/02/2020 - 01h50

Buddy Hield vence torneio de três pontos no último arremesso

Ala-armador derrota Devin Booker e se junta a Peja Stojakovic ao vencer torneio pelo Sacramento Kings

CHICAGO, ILLINOIS - FEBRUARY 15: Buddy Hield #24 of the Sacramento Kings attempts a shot in the 2020 NBA All-Star - MTN DEW 3-Point Contest during State Farm All-Star Saturday Night at the United Center on February 15, 2020 in Chicago, IllinoisO ala-armador do Sacramento Kings Buddy Hield venceu neste sábado (15) o torneio de três pontos no All-Star Weekend de 2020 em Chicago. O camisa 24 dos Kings conquistou o troféu no último arremesso, derrotando o ala-armador do Phoenix Suns Devin Booker por um ponto.

O primeiro a arremessar as 27 bolas no perímetro foi Trae Young, do Atlanta Hawks, que depois de acertar nove bolas comuns e três bolas que valeram o dobro da pontuação, encerrou a sua participação com 15 pontos. Devonte’ Graham, do Charlotte Hornets, não começou bem o evento ao fazer um air ball, mas se recuperou e com cinco bolas normais, cinco pintadas e uma bola verde que valia três pontos – anotou 18 pontos.

O terceiro competidor da noite foi Duncan Robinson, do Miami Heat. O ala-armador fez 19 pontos depois de converter oito bolas laranjas, quatro money balls e uma bola verde em um minuto e 10 segundos. A primeira eliminação veio depois de Booker anotar 27 pontos com direito a 11 bolas comuns, cinco coloridas e as duas bolas verdes, tirando da final o camisa 11 dos Hawks.

Hield veio logo em seguida, conseguindo tirar da disputa final o atleta dos Hornets depois de acertar 11 bolas normais e oito coloridas (sendo as cinco do rack somente de bolas que valem dois pontos), empatando com o substituto de Damian Lillard no evento. O letão Davis Bertans, do Washington Wizards, foi o terceiro a garantir uma vaga na grande final, eliminando o camisa 55 do Heat após converter uma das bolas verdes, nove laranjas e sete pintadas, repetindo o retrospecto do camisa 24 dos Kings na posição de money balls e somando 26 pontos.

O sétimo competidor era da equipe da casa. Zach LaVine, do Chicago Bulls, bem que tentou tirar Bertans da final, mas acabou ficando perto de avançar para final após somar 23 pontos ao acertar 11 bolas normais e seis coloridas. O campeão da edição de 2019, Joe Harris, do Brooklyn Nets, veio por último, mas anotou um ponto a menos que o ala-armador dos Bulls ao converter nove bolas de um ponto, cinco de dois pontos e uma das duas valendo três pontos.

Na final, Bertans iniciou os trabalhos por ter sido o pior pontuador dos três finalistas na fase classificatória. O letão acabou convertendo dois arremessos de um ponto e um de dois pontos a menos que na primeira etapa, encerrando a sua participação com 22 pontos. Booker veio logo em seguida, e ficou perto de repetir a pontuação da primeira fase mesmo acertando uma bola a mais de dois pontos e uma a menos de três pontos, conseguindo 26 pontos.

Hield veio como terceiro e último finalista, e deixou a emoção do torneio pro final. Depois de acertar 11 bolas normais, quatro money balls e nenhuma bola de três pontos, o ala-armador precisava de quatro conversões de cinco arremessos no rack de bolas coloridas. O camisa 24 errou o penúltimo arremesso para dar esperanças para o camisa 1 dos Suns, mas acertou o último arremesso, somando 27 pontos e conquistando o prêmio do torneio de três pontos.

Essa é a primeira vez que o ala-armador vence o torneio, depois de participar da edição de 2019 e avançar para a final com 26 pontos na primeira fase, ficando no terceiro lugar na final ao somar 19 pontos, ficando atrás de Stephen Curry, do Golden State Warriors, e de Joe Harris. Além do feito, o camisa 24 se torna o segundo jogador dos Kings a se sagrar campeão da disputa de arremessos de três pontos, se juntando a Peja Stojakovic, que saiu vitorioso nas edições de 2002 e 2003.

Foto: Stacy Revere/Getty Images

Oddsshark