26/05/2019 - 23h28

Bucks esperam chegar à final de 2020 para aumentar chances de manter Antetokounmpo

Franquia pode oferecer ao jogador o maior contrato da história da NBA, com valor de US$ 247 milhões em cinco anos

Giannis AntetokounmpoO Milwaukee Bucks fez uma temporada excelente. Entretanto, a franquia quer que as boas campanhas virem rotina e assim possam manter seu principal astro, o grego Giannis Antetokounmpo, por um longo tempo.

Neste domingo (26), de acordo com a repórter Malika Andrews, da ESPN norte-americana, a perspectiva de avançar até as finais da NBA e possivelmente ganhar o título em 2020 pode ser fator determinante para assinar um contrato de longo prazo com o jogador.

Em junho de 2020, a estrela de 24 anos ainda terá um ano restante de contrato em seu acordo atual e seria elegível para uma extensão máxima. A oferta pode ser de US$ 247 milhões por cinco anos, o que seria o maior contrato da história da NBA.

Em 2019, a pós-temporada dos Bucks chegou ao fim no último sábado (25), quando a equipe foi derrotada pelo Toronto Raptors. O resultado fechou a série válida pela final da Conferência Leste.

Após a partida, durante a entrevista coletiva, Antetokounmpo deixou a entrevista coletiva depois de uma pergunta sobe a importância de ter experiência em playoffs.

O grego terminou a partida com um duplo-duplo, sendo 21 pontos e 11 rebotes, além de 4 assistências, 2 roubos de bola e 3 tocos.

Crédito da foto: Reprodução Facebook/Milwaukee Bucks

Oddsshark