13/02/2019 - 03h10

Boston Celtics se agiganta e derrota o reforçado Philadelphia 76ers fora de casa

Com ótima atuação coletiva e mesmo sem Irving, Boston vence e ultrapassa Philadelphia na tabela de classificação do Leste

Boston Celtics se agiganta e derrota o reforçado Philadelphia 76ers fora de casaEm confronto direto pelas primeiras posições da Conferência Leste e possível prévia de um encontro de playoffs, o Boston Celtics mostrou o peso da camisa, contou com ótima atuação coletiva e derrotou o reforçado time do Philadelphia 76ers pela terceira vez na temporada, desta vez por 112 a 109, em grande duelo no Wells Fargo Center, nesta terça-feira (12).

Com o excelente triunfo, os Celtics (36-21) igualam a campanha do rival, mas ultrapassam no critério de desempate, assumem o quarto lugar do Leste e chegam a 11 vitórias nas últimas 14 partidas. Do outro lado, os Sixers (36-21) caem para a quinta posição e perdem os 100% de aproveitamento após o término da trade deadline.

Mesmo com reforços de impacto como Tobias Harris e jogando em casa, Philly não fez uma grande partida, sofreu com a forte marcação imposta pelo técnico Brad Stevens e precisou correr atrás do adversário o confronto inteiro. Em compensação, Boston realizou um jogo consistente, dominou a maior parte do tempo e com uma belíssima atuação presenteou um dos maiores ídolos da franquia Bill Russell, aniversariante do dia, dono de incríveis 11 títulos em 12 temporadas com 963 partidas, que completou 85 anos de vida.

Nas atuações individuais, os principais destaques dos Celtics, que não contaram com Kyrie Irving, lesionado, foram o reserva Gordon Hayward (26 pontos – FG 6-7 nas bolas de três), Al Horford (23 pontos, oito rebotes, cinco assistências e quatro roubadas de bola), Jayson Tatum (20 pontos e 10 rebotes) e Marcus Morris (17 pontos e oito rebotes).

Pelos 76ers, todos os jogadores titulares superaram os dígitos duplos em pontos, ênfase para o camaronês Joel Embiid, que anotou mais um double-double na temporada (23 pontos e 14 rebotes), Jimmy Butler (22 pontos e nove rebotes), Ben Simmons e JJ Redick ambos com 16 pontos, além de Tobias Harris (10 pontos e oito rebotes).

O JOGO

Para quem esperava um ótimo jogo já nos primeiros minutos, realmente se decepcionou com o primeiro quarto, principalmente, pela baixa produtividade do Philadelphia 76ers. O placar baixo para o nível das equipes resumiu bem o período inicial, que acabou 28 a 23 para o Boston Celtics. Os visitantes não perderam a liderança em nenhum momento e dominaram o quarto guiados pelo ala-pivô Marcus Morris (8 pontos e cinco rebotes), com bom auxílio de Gordon Hayward saindo do banco (6 pontos), sendo dois arremessos certos de três pontos. Em compensação, os Sixers terminaram zerados na bolas de longa distância e sofreram com a ótima marcação do adversário, comandada pelo bom treinador Brad Stevens.

No segundo período o duelo foi um pouco melhor para os donos da casa, mas mesmo assim, ainda sofriam com a aula de defesa proporcionada pelo rival. Com Jimmy Butler “quente” e mesmo com 10 erros, os mandantes encostaram, chegaram a ficar na frente e o equilíbrio foi a tônica de boa parte da parcial. Entretanto nos dois minutos finais, os Celtics voltaram a crescer e foram para o intervalo liderando por 6 pontos (52 a 46).

No retorno à quadra, Philadelphia começou com tudo, emendou 9 a 0 em dois minutos, 18 a 4 na primeira metade do terceiro quarto e cresceu no jogo. Após o intervalo, o duelo foi muito melhor, os times se soltaram mais, fazendo jus a qualidade dos jogadores e das franquias, que certamente, brigarão pelo título da Conferência Leste. Os 76ers ficaram na dianteira quase a parcial inteira, só que aos poucos os Celtics foram retomando o padrão normal e nos últimos minutos reassumiram a dianteira do marcador, indo para o último quarto vencendo por 77 a 74, com excelente participação de Al Horford.

Para ilustrar o grande nível das equipes, nada melhor do que saborear duas jogadas espetaculares dos talentosos Ben Simmons e Jayson Tatum.

No período decisivo, o confronto permaneceu muito parelho, de alto nível e Joel Embiid assumiu a responsabilidade para o Philadelphia 76ers. Porém mesmo com um fim indefinido, o Boston Celtics mostrou sua força, converteu os lances livres decisivos nos últimos segundos, segurou o ímpeto do rival e com uma excelente exibição dos seus principais jogadores, derrotou um dos principais concorrentes ao título de Conferência, longe de seus domínios, no dia do aniversário de um dos maiores ídolos da franquia.

Melhores momentos

Próximos jogos

Agora, ambas as equipes vão para back-to-backs e entrarão em quadra, nesta quarta-feira (13). O Boston Celtics volta para o TD Garden e recebe o Detroit Pistons. Já o Philadelphia 76ers vai até o Madison Square Garden enfrentar o New York Knicks.

Confira a programação dos jogos que acontecem nesta quarta-feira (13):

Brooklyn Nets @ Cleveland Cavaliers
Milwaukee Bucks @ Indiana Pacers
Detroit Pistons @ Boston Celtics
Philadelphia 76ers @ New York Knicks
Washington Wizards @ Toronto Raptors
Memphis Grizzlies @ Chicago Bulls
Houston Rockets @ Minnesota Timberwolves
Miami Heat @ Dallas Mavericks
Sacramento Kings @ Denver Nuggets
Golden State Warriors @ Portland Trail Blazers
Phoenix Suns @ Los Angeles Clippers

Foto: Divulgação Twitter / Boston Celtics

Oddsshark