27/03/2019 - 01h57

Bledsoe ofusca Giannis e Harden na vitória dos Bucks sobre os Rockets

Duelo entre os maiores candidatos ao prêmio de MVP decepciona, Bledsoe brilha e melhor time da NBA vence por 108 a 94

Bledsoe ofusca Giannis e Harden na vitória dos Bucks sobre os RocketsUm dos encontros mais aguardados da NBA, Milwaukee Bucks e Houston Rockets prometia muito pelo grande duelo entre Giannis Antetokounmpo contra James Harden, principais candidatos ao prêmio de MVP da temporada. Porém, o confronto não foi como o esperado e para a surpresa de todos, quem roubou os holofotes foi Eric Bledsoe. Com 16 pontos só no terceiro quarto e grande produção defensiva, o armador guiou a vitória dos Bucks sobre os Rockets pelo placar de 108 a 94, na Fiserv Forum.

Os comandados do técnico Mike Budenholzer (56-19) alcançaram o terceiro triunfo consecutivo na liga e seguem na liderança da Conferência Leste, com boa distância para o Toronto Raptors. Já os texanos (47-28) caem para a quarta colocação da Conferência Oeste, perdendo o terceiro posto para o Portland Trail Blazers. Ambos os times estão classificados para os playoffs.

Sem Nikola Mirotic, Malcolm Brogdon e Pau Gasol, lesionados, e após um primeiro tempo equilibrado, Milwaukee voltou bem após o intervalo, abriu 19 pontos e definiu o confronto. Com uma noite inspirada tanto no ataque, como na defesa, Bledsoe foi o principal protagonista da vitória com 23 pontos, sete assistências, três rebotes e dois tocos. Mesmo fazendo uma partida “morna”, Giannis fechou os 48 minutos com mais um double-double na carreira (19 pontos e 14 rebotes) e contribuiu bastante dentro do garrafão. Além deles, o reserva Pat Connaughton calibrado nos “tiros” do perímetro (14 pontos e sete rebotes), e os titulares Khris Middleton e Brook Lopez (13 tentos), foram os outros destaques.

Do outro lado, apesar de uma atuação inferior ao seu padrão elevadíssimo, Harden foi o principal cestinha de Houston e ainda flertou com o triple-double (23 pontos, 10 rebotes e sete assistências). Outros três jogadores tiveram boas participações também, foram eles: Chris Paul (19 pontos e nove rebotes), Clint Capela com double-double (17 pontos e 11 rebotes) e o reserva Danuel House Jr. (15 pontos). Já o brasileiro Nenê Hilário não entrou em quadra.

O JOGO

Um dos duelos mais esperados da NBA e que colocou frente a frente dois dos maiores favoritos ao prêmio de MVP foi um pouco diferente do que muitos imaginavam. E isso foi visto no primeiro quarto, já que os principais astros não tiveram tanto destaque. O Houston Rockets dominou as ações do início ao fim do período, guiados pelo armador Chris Paul (6 pontos) e o reserva Danuel House Jr., que entrou muito quente nos arremessos de três (9 pontos – FG 3/3). Já James Harden não fez uma boa etapa inicial e encerrou com apenas 4 pontos. Do outro lado, Giannis Antetokounmpo era o principal destaque pelo Milwaukee Bucks, principalmente, dominando o garrafão (5 pontos e sete rebotes), mas a franquia de Wisconsin não fez uma boa apresentação na parcial, mesmo com uma pequena melhora no fim: 25 a 20 para os visitantes.

Se os 12 minutos iniciais decepcionaram, o segundo quarto foi digno de dois grandes times. Milwaukee mostrou por que tem a melhor campanha da NBA, tratou de equilibrar logo o confronto e passou à frente no marcador, abrindo 5 pontos. Porém, Houston respondeu na sequência e encostou novamente. No último minuto, os mandantes, empolgados com o apoio da torcida, souberam finalizar melhor as jogadas, cometeram menos erros e foram para o intervalo vencendo por 58 a 53, com Giannis já flertando com o double-double (13 pontos e oito rebotes). Além do grego, ênfase para as boas performances do suplente Pat Connaughton (9 pontos) e do pivô Brook Lopez (8 pontos) quentes nos “tiros” de três. Já o “Barba” seguia muito longe do seu ritmo habitual (10 pontos e cinco assistências).

Só que o grande destaque da parcial foi o drible desconcertante de CP3 em cima do jovem D.J. Wilson, com direito a uma bola de três belíssima, mostrando a qualidade e o nível técnico dos jogadores presentes na partida.

Já o terceiro quarto foi um “banho” de basquete dos Bucks. Com 32 a 18 na parcial, os anfitriões foram muitos melhores e abriram uma excelente vantagem na liderança. O armador Eric Bledsoe ofuscou totalmente os astros e foi o grande protagonista com 16 pontos só no período e 23 no geral. Harden e Capela até tentaram chamar a responsabilidade em alguns momentos para os Rockets, entretanto a equipe inteira esbarrava na forte defesa do adversário. Com excelente produção, Milwaukee foi para o quarto derradeiro liderando tranquilamente por 19 tentos (90 a 71).

Daí em diante, o Milwaukee Bucks só precisou controlar o Houston Rockets no quarto período. Com direito a um toco espetacular de Bledsoe em Harden e muita contundência, o atual líder da NBA segurou a tentativa de reação do fortíssimo rival, manteve a distância sempre próxima aos 20 pontos e venceu mais uma em casa, confirmando a ótima campanha na liga: 108 a 94.

Melhores momentos

Próximos jogos

Visando a manter a liderança, o Milwaukee Bucks permanecerá em casa, nesta quinta-feira (28), e medirá forças contra o bom time do Los Angeles Clippers. No mesmo dia, o Houston Rockets retornará ao Toyota Center e enfrentará o Denver Nuggets, segundo colocado da Conferência Oeste, em belo duelo pelas primeiras posições.

Confira a programação dos jogos que acontecem nesta quarta-feira (27):

Portland Trail Blazers @ Chicago Bulls
Golden State Warriors @ Memphis Grizzlies
Indiana Pacers @ Oklahoma City Thunder
Washington Wizards @ Phoenix Suns
Los Angeles Lakers @ Utah Jazz

Foto: Divulgação Twitter / NBA

Oddsshark